Aprovada por unanimidade PEC que impede reeleição na presidência da Alba

bahia
05.04.2017, 21:05:00
Atualizado: 05.04.2017, 21:05:55

Aprovada por unanimidade PEC que impede reeleição na presidência da Alba

A decisão, que se estende para todos os membros da mesa diretora, já vale para a próxima eleição

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Foi aprovado na tarde desta quarta-feira (5), por unanimidade, o fim da reeleição da presidência e dos demais cargos da mesa diretora da Assembleia Legislativa da Bahia. Os 47 deputados presentes na sessão extraordinária disseram “sim” para a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que altera dois trechos da Constituição do Estado da Bahia. Com a decisão, o atual presidente da Casa, Angelo Coronel (PSD), não poderá concorrer na próxima eleição. Seu antecessor, o deputado estadual Marcelo Nilo (PSL), foi reeleito quatro vezes, ficando no cargo de 2007 até o início deste ano.

A PEC foi proposta este ano pelo deputado Adolfo Menezes (PSD) e contou com a relatoria do parlamentar Joseildo Ramos (PT). Coronel, durante a votação, classificou a votação como histórica enquanto deputados faziam fotografias para, segundo ele,  “marcar (a votação) para a posteridade”. Ele comemorou a decisão ao final da votação em segundo turno. “Infelizmente, como presidente, sou vetado de votar. Mas os votos que foram para acabar com a reeleição, que foi um compromisso que assumi com vossas excelências durante a minha campanha para chegar a essa Casa, foram cumpridos”, afirmou. A matéria estava prevista para ser votada em fevereiro, mas precisou ser adiada após questionamentos sobre a formalidades da tramitação.



***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas