Argentina volta a bater o México por 2 a 0 em amistoso

esportes
21.11.2018, 08:22:00
Atualizado: 21.11.2018, 08:23:10
Paulo Dybala (direita) festeja o gol marcado contra o México (Andres Larrovere / AFP)

Argentina volta a bater o México por 2 a 0 em amistoso

Chile goleia Honduras e Peru perde para Costa Rica

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Em amistoso encerrado no final da noite de terça-feira (20), a Argentina venceu o México por 2x0, em casa, no estádio Malvinas Argentinas, na cidade de Mendoza, com gols de Mauro Icardi e Paulo Dybala. Assim, a equipe nacional repetiu o mesmo placar do triunfo sobre a mesma seleção mexicana em duelo que foi realizado na última sexta-feira (16), no estádio Mario Kempes, em Córdoba, palco da partida que também serviu como preparação para a Copa América de 2019, que será realizada no Brasil.

Atuando sob o comando do técnico interino Lionel Scaloni, que segue no comando da Argentina após a demissão de Jorge Sampaoli, a equipe da casa abriu o placar já no primeiro minuto de jogo. O goleiro Rulli deu um chutão da defesa e a bola encontrou Icardi, que tabelou com Lamela, invadiu a grande área mexicana e chutou com tranquilidade no canto direito de Corona para fazer 1x0.

Foi o primeiro gol do jogador da Inter de Milão com a camisa da seleção principal da Argentina, que só voltaria a balançar as redes aos 41 minutos da etapa final. Em rápido contra-ataque, Giovanni Simeone, filho do técnico Diego Simeone, disparou pelo lado esquerdo e depois deu passe preciso para Dybala, na cara do gol, vencer mais uma vez o goleiro Corona.

Giovani havia entrado em campo no segundo tempo, substituindo Meza, assim como Dybala, da Juventus, entrou no lugar de Icardi no decorrer do amistoso em solo argentino, onde o zagueiro gremista Kannemann foi escalado como titular e atuou durante todo o duelo.

Foi o último amistoso de argentinos e mexicanos no ano, assim como aconteceu horas mais cedo com a seleção brasileira, que venceu Camarões por 1x0, na Inglaterra. A nova vitória também aumentou as chances de Scaloni ser mantido no comando da Argentina pelo menos até a Copa América, que ocorrerá entre 14 de junho e 7 de julho de 2019.

CHILE GOLEIA

Em outro amistoso encerrado no final da noite de terça-feira, o Chile goleou Honduras por 4x1, em casa, no estádio Germán Becker, na cidade de Temuco. Arturo Vidal fez os dois primeiros gols chilenos já no primeiro tempo, sendo o segundo deles em uma cobrança de pênalti.

Alexander Lopez descontou para os hondurenhos ainda na etapa inicial, mas os donos da casa garantiram a goleada no período derradeiro com Alexis Sanchez e Nicolas Castillo balançando as redes. E o quarto gol também foi marcado por meio de uma penalidade.

Também nesta noite de terça, o Peru decepcionou os seus torcedores ao ser derrotado por 3x2 pela Costa Rica, em casa, na cidade de Arequipa. Edison Flores chegou a abrir o placar para os peruanos, mas Jonathan McDonald e Allan Cruz marcaram depois para virar para 2x1. Os mandantes ainda empataram com Jefferson Farfán, mas Joel Campbell, cobrando pênalti, decretou o triunfo por 3x2 dos costa-riquenhos.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas