As faces da uva Chardonnay em 4 vinhos

paula theotonio
13.02.2020, 05:00:00
Atualizado: 13.02.2020, 08:57:46

As faces da uva Chardonnay em 4 vinhos


Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.



O brasileiro geralmente ama um tinto, é apaixonado por um Malbec potente (preferência nacional comprovada em pesquisa), só compra desse tipo no mercado… E vive reclamando que não consegue beber neste calor do verão! Eu fico cá, sorrindo, deliciando-me com uma taça de vinho branco, sem entender a resistência que tantos têm à bebida clarinha.

Para vencer essa barreira, sugiro começar pelos rótulos de Chardonnay. Além de gastronomicamente versáteis e saborosos, os vinhos esta uva são sempre uma surpresa por expressarem muito bem o terroir. Ou seja: podem gerar bebidas leves ou encorpadas, jovens ou maturadas, ácidas, frutadas, amanteigadas...

Assine a newsletter de Paula Theotonio aqui e boa leitura!

Considerada a mais adaptável entre as uvas e rainha das castas brancas, está plantada em mais de 210 mil hectares, distribuídos por 41 países. É ingrediente do aclamado Champagne! Entre os principais produtores estão França, Itália, Espanha, Estados Unidos, Austrália, Nova Zelândia, África do Sul, Brasil e Chile. E pode apostar: em cada uma das inúmeras regiões produtoras destes países, a bebida terá um quê diferenciado.

A seguir, fique com algumas sugestões de rótulos com perfis diferentes para provar.

1. Villagio Grando Chardonnay 2014 | Direto de Santa Catarina, uma região fria a 969 metros de altitude, este Chardonnay já veio do parreiral diferente. Devido à maturação lenta das uvas, evoluiu super bem ao longo dos anos mesmo sem estágio em madeira — mantendo uma excelente acidez, com aromas de flor de laranjeira. Tem um frescor aromático que me remeteu aos melhores exemplares de Sauvignon Blanc que já provei. R$ 65 na Dieb Importadora.

2. Primeira Estrada Chardonnay 2018 | Esse rótulo vem do “Terroir de Inverno” brasileiro, em meio à Serra da Mantiqueira e mais especificamente de Caldas (MG), cidade que fica a 1.200 metros de altitude. Para fugir das chuvas de verão, os enólogos de toda a região levaram a videira a produzir no período de outono/inverno (explico melhor aqui) — ganhando inclusive tempo para maturar bem seus vinhos e garantir excelente acidez. Sem passagem por madeira, este branco é fresco e frutado, com toques florais. R$ 97,48 na Distribuidora Araújo Mateus.

3. Marquês de Casa Concha Chardonnay D.O. Limarí 2018 | A principal característica desse vinho é sua mineralidade: uma característica que remete a sol quente em pedras, sal ou giz no paladar e no olfato. Apesar de não parecer, é um diferencial desejado e apreciado nos vinhos! Normalmente é encontrado em rótulos de regiões frias com solos calcários, de ardósia ou cálcio; como é o caso do Limarí — região produtora chilena a 22 km do Oceano Pacífico. Além de mineral, este rótulo elegante e complexo tem algo de pêra e avelãs. Custa entre R$ 99 e R$ 115 em diversas casas de Salvador.

4. Viapiana Chardonnay 2015 | Com 14 meses de estágio em barrica de carvalho francês, possui aromas de nozes, chocolate branco, suave toque cítrico e um bouquet amanteigado! Parece cheiro de pipoca caseira, sério! Isso acontece porque 50% deste vinho passa por um tipo de fermentação chamada malolática, que diminui a acidez e empresta à bebida mais cremosidade e untuosidade. Encorpado, este branco de Altos Montes, no Rio Grande do Sul, custa R$ 110 na Dieb Importadora.

MAIS UM GOLE

Vai ter novo rodízio de vinhos nesta sexta (14) com Letícia Spanholo, desta vez no Anexo Club (Rua das Angélicas, 303, Pituba). Por R$ 80, você participa de uma degustação livre com 10 rótulos. As inscrições são limitadas a 100 participantes e podem ser feitas por este link.

Quer saber mais sobre vinhos? Toda quarta-feira, você pode receber antecipadamente o conteúdo produzido por Paula Theotonio, que traz dicas exclusivas pra descomplicar a relação com o vinho. Assine a newsletter aqui e boa leitura!

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/morre-aos-85-anos-atriz-maria-alice-vergueiro-do-meme-tapa-na-pantera/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/manifestantes-ateiam-fogo-em-onibus-na-paralela-veja-video/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/rodamos-na-nova-versao-da-ranger-a-storm/
Em vídeo, jornalista automotivo analisa a cabine dupla diesel
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/idoso-de-81-anos-e-o-100o-paciente-com-covid-19-a-ter-alta-no-hospital-portugues/
Unidade comemorou liberação do homem, que deu entrada há seis dias com 50% do pulmão comprometido
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/depois-de-um-susto-targino-se-prepara-para-cantar/
Músico sofreu grave acidente de carro, mas escapou ileso e agora se prepara para fazer lives
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/sao-joao-sera-comemorado-com-maratona-de-lives-promovidas-pelo-correio/
Serão seis apresentações de bandas e cantores durante o projeto, que arrecadará doações
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/junho-chegou-correio-promove-lives-para-comemorar-o-sao-joao/
Apresentações acontecem sempre às sextas e sábados de junho, às 19h
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/editorial-fotografado-a-distancia-une-tres-paises-na-quarentena/
O ensaio foi realizado pela plataforma Zoom, usando celular
Ler Mais