As visitas aos salões de beleza são seguras?

estúdio correio
02.07.2021, 06:00:00
(Foto: divulgação)

As visitas aos salões de beleza são seguras?

Profissionais estão investindo em equipamentos e intensificando higienização

As expectativas para visitar os salões de beleza são muito altas, sobretudo das pessoas que passaram muitos meses sem poder fazer os tratamentos capilares que gostam.

Enquanto os salões de beleza e spa aguardavam a liberação para reabrir seus espaços adotando as novas medidas de higiene, alguns clientes tentaram realizar eles mesmos seus cortes de cabelo.

Nesse sentido é importante que a cliente tenha muito cuidado com o procedimento que ela mesmo faz em seu cabelo, diante do desconhecimento de um tratamento é melhor buscar um profissional para realizá-lo.

Para garantir que os atendimentos nos salões de beleza nesse período da pandemia sejam mais seguros, os profissionais estão investindo em equipamentos de proteção individual.

Além disso, a higienização dos ambientes do salão, móveis e superfícies têm sido intensificadas com a utilização do álcool 70%, segundo as recomendações da ANVISA.

Recomendações para evitar a contaminação
Em primeiro lugar, os donos de salões devem fazer um cronograma de limpeza, assim como devem ter sua agenda de atendimento organizada.

Em outras palavras, os horários de atendimento não devem se sobrepor para que não haja muitas pessoas aguardando serem atendidas na recepção.

Desse modo, uma alternativa muito eficiente encontrada pelos donos de salões é utilizar a plataforma e aplicativo  Booksy.com para gerenciar os clientes e reservas online.

O papel da organização e controle de reservas é permitir que os clientes recebam um tratamento de qualidade sem a necessidade de que haja muita espera e interação com outras pessoas.

Ao mesmo tempo que nos intervalos entre um atendimento e outro a limpeza dos acessórios e objetos utilizados deve ser feita novamente.

Do mesmo modo, profissionais e clientes devem higienizar suas mãos ao entrar no salão e após tocarem objetos como dinheiro, celulares e superfícies como maçanetas, mesas e cadeiras.

Medidas de segurança tomadas pelos salões
Com o objetivo de tornar as visitas aos salões mais seguras, os profissionais adaptaram o espaço para receber seus clientes.

A ventilação do ambiente é uma ação que auxilia na diminuição dos riscos de contágio.

Em alguns espaços de beleza as barreiras e divisórias de acrílico são utilizadas para separar o cliente e o atendente na recepção do salão.

De acordo com o guia de orientações do Sebrae as cadeiras onde os clientes se sentam devem respeitar uma distância mínima de 1 metro.

Além disso, sempre que possível é importante ter sinalização nas poltronas, cadeiras e paredes sobre os protocolos de higiene que devem ser seguidos.

O controle de temperatura das pessoas que entram no estabelecimento é outra medida que ajuda a prevenir o contágio.

Nesse sentido, o salão estando disponível em diferentes canais de comunicação com seus clientes, poderá lembrar o cliente do seu horário de atendimento e informá-lo sobre os protocolos de higiene.

Para permanecer no salão todos devem utilizar a máscara e manter a distância necessária.

Definitivamente, a adoção das medidas de higiene por parte do salão e a inclusão do cliente nesse processo de prevenção permitem uma visita mais segura.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas