Assange é acusado de usar embaixada como "centro de espionagem"

mundo
15.04.2019, 08:59:53
Atualizado: 15.04.2019, 09:23:52

Assange é acusado de usar embaixada como "centro de espionagem"

Segundo o presidente equatoriano, Assange violou as condições de asilo

O presidente do Equador, Lenín Moreno, acusa o cofundador da WikiLeaks, Julian Assange, de tentar criar um “centro de espionagem “ na embaixada do Equador em Londres. Em entrevista ao jornal britânico The Guardian, Moreno explicou os motivos de expulsão do asilo de Assange, detido no Reino Unido na última quinta-feira (11).

Segundo o presidente equatoriano, Assange violou as condições de asilo e tentou criar um centro de espionagem na embaixada do Equador, país que lhe concedeu asilo político há sete anos.

“Não podemos permitir que a nossa casa, a casa que abriu as suas portas, se torne um centro de espionagem. Essa atividade viola as condições de asilo”, acrescentou o líder equatoriano na entrevista.

Moreno acusa o governo anterior de ter dado condições a Assange para usar a embaixada equatoriana a fim de “interferir em assuntos de outros Estados”.

No entanto, as acusações a Assange, que levaram à revogação do asilo, geraram controvérsia no Equador. Rafael Correa, ex-presidente do país, considera que esse é "um crime que a humanidade jamais esquecerá" e que Lenín Moreno é “o maior traidor da história equatoriana e latino-americana”.

Segundo o jornal britânico, o WikiLeaks estava associado a um site anônimo que publicou informações e fotos particulares de Moreno e sua família, numa alegada campanha para enfraquecer a imagem do atual presidente equatoriano. Moreno negou que as recentes acusações a Julian Assange tenham sido uma represália pela exposição dos referidos documentos pessoais.

Na mesma entrevista, o presidente equatoriano dá como exemplo da interferência de Assange em assuntos internos de outros estados, a publicação dos documentos do Vaticano, em janeiro de 2019. “É lamentável que haja pessoas dedicadas a violar a privacidade das pessoas”, acrescentou.

Assange foi criticado pelo seu comportamento com a equipe diplomática de Londres e hábitos de higiene. “Ele manteve constante comportamento higiénico inadequado ao longo da estadia, o que afetou sua própria saúde e o clima interno da missão diplomática.”, comentou Moreno.

Ao The Guardian, Moreno afirmou que recebeu garantias do Reino Unido de que o cofundador do WikiLeaks não será extraditado para um país em que possa ser sujeito a tortura, maus-tratos ou condenado à pena de morte.

*Com informações da RTP (emissora pública de televisão de Portugal)


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/campanha-da-samsung-destaca-promocao-para-o-dia-das-maes/
Toda semana, o canal publicará em seu site uma lista com 50 clipes pré-selecionados
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/bolsonaro-veta-campanha-do-banco-do-brasil-marcada-por-diversidade/
Diretor responsável foi demitido; presidente não gostou da propaganda
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/me-assustei-alega-assaltante-que-baleou-homem-no-canela-video-mostra-abordagem/
Leandro foi preso nessa quarta (24); ele já responde por furto e roubo
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/vingadores-ultimato-revela-o-preco-do-heroismo/
Filme encerra saga de 22 longas que já arrecadaram mais de US$ 18 bilhões
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/rodoviarios-fazem-assembleia-e-atrasam-saida-de-onibus-em-salvador/
Motoristas e cobradores se reuniram em três garagens do Consórcio Integra
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/jaqueline-agradece-ajuda-de-reporter-e-carinho-apos-desmaio/
Ela explicou que sofreu uma síncope e diz ainda que já está bem
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/veja-os-primeiros-episodios-de-reality-de-moda-baiana/
Salvador Fashion Race conta com 10 competidores: cinco estilistas e cinco blogueiros
Ler Mais