Atletas devem ter 'cautela' na hora de comer carne na China

esportes
14.01.2022, 20:17:00
Agência Internacional Anti-doping recomendou cautela com as carnes chinesas (Marc Braibant/AFP)

Atletas devem ter 'cautela' na hora de comer carne na China

Agência Mundial Anti-Doping fez recomendação para os competidores da Olimpíada de Inverno

Os atletas que forem disputar a próxima edição da Olimpíada de Inverno, na China, devem ter 'extrema cautela' na hora de comer carne. A recomendação foi feita pela Agência Mundial Anti-Doping (Wada), que teme uma possível contaminação dos competidores com substâncias proibidas.

A carne chinesa já teve níveis de esteroide detectados. Por isso, um representante da Wada disse que a indicação é que os atletas só comam "em locais que receberem a liberação completa dos organizadores dos Jogos Olímpicos". 

Vale lembrar que eles não poderão ter contato com o mundo externo em Pequim, por causa da pandemia, e devem fazer a maior parte das refeições na Vila Olímpica. 

A indicação da entidade acontece pouco depois da agência anti-doping da Alemanha recomendar que os atletas do país não comam carne na China e busquem outras alternativas. Segundo a Wada, os organizadores e o governo tem "a responsabilidade de garantir que a carne disponibilizada para os atletas não esteja contaminada" - o que inclui a Vila. 

A substância Clenbuterol é encontrada na carne consumida em alguns países, especialmente China e México, mesmo que em níveis 'muito baixos'. Por isso, a Wada mudou o regulamento para prever esse tipo de caso em 2019. A modificação prevê investigação em caso de níveis mínimos detectados.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas