Ator americano Danny Glover visita movimentos sociais em Salvador

salvador
26.06.2016, 08:29:00

Ator americano Danny Glover visita movimentos sociais em Salvador

Glover, que interpretou o policial Roger Murtaugh na série Máquina Mortífera ao lado de Mel Gibson, é conhecido pelo ativismo

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.


“A minha chegada a Salvador faz parte de uma jornada pelos direitos humanos, que eu venho seguindo. Onde vou, me sinto abraçado pelas pessoas e pelo povo negro. E aqui não tem sido diferente”, disse o ator americano Danny Glover, 69 anos, enquanto era recepcionado, ontem à tarde, na Casa do Olodum, no Pelourinho. O astro foi recebido ao som da Banda Mirim do Olodum e chegou até a se arriscar tocando tambor com aqueles jovens.

Danny Glover foi recebido pela Banda Mirim do Olodum (Foto: Mauro Akin Nassor/ CORREIO)

Glover, que interpretou o policial Roger Murtaugh na série Máquina Mortífera ao lado de Mel Gibson, é conhecido também pelo seu ativismo político em defesa da justiça econômica e do acesso à saúde, além de se empenhar no combate ao racismo.

“A presença de Danny Glover aqui na Casa do Olodum é muito importante porque este é um espaço que funciona como símbolo da resistência dos negros”, disse João Jorge, presidente do Olodum, no auditório Nelson Mandela, onde o ator atendeu à imprensa. “Danny Glover é a 49ª personalidade internacional que vem aqui, assim como Spike Lee, Michael Jackson e Nelson Mandela”, lembrou o presidente.

Glover, que é embaixador do Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância), tem se empenhado também em promover a Década Internacional de Afrodescendentes, lançada pela ONU (Organização das Nações Unidas) em dezembro do ano passado e que será encerrada em 2024. “Eu tenho ascendência africana e minha bisavó foi escrava. Então, quando vejo jovens negros hoje ocupando o papel de líderes comunitários, meu coração se sente muito confortável e fico muito feliz”. O programa tem como meta reduzir as desigualdades e ampliar o acesso dos negros à educação.

Em frente à sede do Olodum, no Pelourinho, o ator foi presenteado (Foto: Mauro Akin Nassor/ CORREIO)

O ativista lembrou que esteve na Bahia há mais de dez anos e disse que guarda até hoje a “energia” que o lugar lhe transmite. “Eu já tenho quase 70 anos e já não tenho aquele mesmo vigor que tinha quando era mais jovem. Por isso, quando me sinto cansado ou com alguma dificuldade de me locomover, penso na energia que eu encontro neste lugar. E falo isso do fundo do meu coração. Quando vejo a coragem de vocês, sinto um ânimo incrível”, revelou Glover.

O ator ressaltou a importância histórica de Salvador: “Quando ando por aqui, fora da parte ‘bonitinha’ da cidade, eu sinto em meus pés as centenas de anos de triunfo de um povo. Salvador, assim como a África do Sul, a Etiópia e o Haiti são as minhas casas espirituais”. 

Os grandes líderes negros da história também foram lembrados de forma emocionada pelo ativista: “O capitalismo nos escraviza e constrói o seu  império, que é sustentado por nós. Por isso, admiro Luther King e Mandela. Eles foram muito fiéis aos seus princípios e jamais se entregaram ao poder”.

Hoje, às 8h30, Glover vai conhecer a sede do Movimento dos Sem Terra na Mouraria, onde conversará com militantes e dirigentes da organização. Depois, o ator vai à sede do bloco Ilê Aiyê, no Curuzu.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/moda-comunica-mais-que-tendencias/
Representatividade  é o tema desse editorial fotografado e protagonizado por jovens negros
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/e-sofrencia-musicas-de-arrocha-foram-as-mais-ouvidas-pelos-baianos-na-quarentena/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/bisneta-de-mae-senhora-inspira-baiana-azul-de-amaralina-conheca-cida-de-nana/
Bel Borba a contratou como modelo para monumento às baianas sem saber de ascendência, que inclui Mestre Didi e uma das fundadoras da 1ª casa de candomblé
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/devo-ou-nao-devo-usar-mascara-na-atividade-fisica-eis-a-polemica-precos-chegam-a-r-120/
Tire suas dúvidas e confira 10 máscaras esportivas disponíveis no mercado
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/bau-do-marrom-o-dia-que-daniela-mercury-superou-britney-spears-em-portugal/
Durante a apresentação de Daniela Mercury no Rock in Rio Lisboa em 2004 falei até na TV portuguesa sobre Daniela
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/em-quarentena-anitta-lanca-clipe-para-tocame-com-gui-araujo-assista/
Vídeo traz fãs dançando em casa; é a primeira vez que funkeira contracena com namorado
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/secretario-do-ministerio-da-saude-destrata-garcom-em-transmissao-ao-vivo-sai-dai/
Élcio Franco falava em medidas de segurança para reabertura da economia quando se incomodou com presença de servidor
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/policia-acredita-que-naya-rivera-se-afogou-e-busca-agora-e-por-corpo/
Imagens de câmera de segurança mostram ela saindo no barco com filho
Ler Mais