Ator José de Abreu declara apoio a Dilma e critica José Serra pelo twitter

Eleições
15.10.2010, 23:49:00

Ator José de Abreu declara apoio a Dilma e critica José Serra pelo twitter

Mais de 10 mil pessoas assistiram ao vídeo do ator

Redação CORREIO

O ator José de Abreu fez uma twitcam, transmissão de vídeo via twitter, na noite desta sexta-feira (15) para explicitar seu voto na candidata do PT, Dilma Rousseff, e pedir que os eleitore petistas se mobilizem para elegê-la. Durante a transmissão, que durou mais de duas horas, Abreu chegou a ser assistido por mais de dez mil pessoas.

Durante sua fala, Abreu criticou duramente o candidato do PSDB, José Serra, chamando-o de fascista, dizendo que ele nunca terminou nenhum de seus mandatos e criticando o tom agressivo adotado por seus eleitores neste segundo turno, no que chamou de “onda conservadora que tomou de assalto o Brasil”.

Abreu disse votar em Dilma porque "Lula é Dilma, eu sou Dilma", dizendo que a candidatura dela não é personalista, como a de Serra, e representa um projeto de Brasil. "O Serra que é personalista, que diz que nasceu para ser presidente. A Dilma, não. Ela aceitou ser candidata pelo projeto".

O ator comentou também a possibilidade de Aécio Neves, ex-governador de Minas Gerais, ser candidato à presidência e disse quer seria "um problema". "Valeu a pena o Serra chorar no colo do Aécio e ficar com essa. Mas, realmente, historicamente seria mais interessante uma disputa entre Dilma e Aécio, Lula e Aécio... já o Serra... bom, como disse o Ciro Gomes, Serra na campanha é certeza de baixaria."

Ator fez uma transmissão de vídeo de Santiago, no Chile

O vice de Serra, Índio da Costa, chamado de "um surfista do Rio", também foi alvo de críticas. "Foi uma sacanagem do Serra com o DEM". O ator também se posicionou a favor da liberação da maconha e do aborto. "É claro que liberar a maconha vai acabar com o tráfico. Aconteceu isso na Holanda. Aliás, não é liberar, é legalizar, é ter controle."

E completou: "Tenho 64 anos, cinco filhos e quatro netos. É incrível ver jovens tão reacionários, atrasados, e deve até fumar um baseadinho, fica aqui me criticando. Hipocrisia é fogo." No início de sua fala, Abreu criticou a despolitização da juventude atual e rebateu as críticas de que deveria se calar por ser ator. "Não precisa ser político para fazer política", disse, garantindo que não tem nenhuma pretensão eleitoral.

Globo
No começo da transmissão, Abreu disse que seu contrato com a Globo não permite que ele apareça na televisão fazendo campanha política. "Mas eu não estou na TV, estou no twitter", disse.

O ator está escalado para a próxima novela das 8, "A não ser que vocês liguem para a Globo e mandem me demitir" - mas Abreu ressaltou não acreditar na possibilidade. “A Globo não tem essa patrulha ideológica que vocês pensam. Trabalho lá há 30 anos e recebo para ficar em casa esperando alguém me chamar para um trabalho”.

Bebendo durando a transmissão, Abreu ironizou os internautas que o chamaram de "bêbado", chamando-os de patrulha e dizendo que "eles (tucanos) só sabem desqualificar assim". 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas