Bahia e Vitória começam a contagem regressiva pro Brasileirão 2018

herbem gramacho
11.10.2018, 05:00:00
Atualizado: 11.10.2018, 09:48:43

Bahia e Vitória começam a contagem regressiva pro Brasileirão 2018

O Brasileirão 2018 chega às dez últimas rodadas a partir do próximo final de semana com o joio devidamente separado do trigo. É a segunda edição mais equilibrada na briga pelo título desde a adoção da fórmula atual (pontos corridos e com 20 clubes), em 2006. Apenas cinco pontos separam o líder Palmeiras do quinto colocado Grêmio. A essa altura do campeonato, a disputa só era tão embolada em 2011 - também com cinco pontos entre o líder Corinthians e o Botafogo, em quinto – e foi ainda mais intensa em 2008, quando somente quatro pontos separavam os cinco primeiros colocados.

A essa altura também já percebemos que a conversa sobre G6 ou G7 não é a realidade do futebol baiano. O Brasileirão do nordestino que torce para time de sua região é mais embaixo. E preocupa ver que as três vagas restantes na zona de rebaixamento são ocupadas por times do Nordeste: Sport, Vitória e Ceará, sendo que este último tem um jogo a menos e pode colocar a Chapecoense em seu lugar (porém só no dia 24, quando enfrentar o Cruzeiro em jogo adiado, já depois de mais duas rodadas serem realizadas). A outra vaga, do lanterna Paraná, certamente ninguém tomará mais.

O prenúncio da tensão extra que virá nos próximos dois meses já foi dado. O torcedor do Bahia e  do Vitória começaram a ser agraciados pelas respectivas diretorias dos clubes com promoções no preço do ingresso. O bilhete que em maio custava R$ 40 agora caiu para R$ 10. A lógica da valorização do sócio e do custo alto do futebol dá lugar à necessidade premente de ter um estádio cheio para pressionar o adversário, garantir pontinhos preciosos e poder continuar nessa labuta sofrida, ano após ano, que é disputar a Série A com menos orçamento do que 60% dos outros participantes. O consolo é saber que, no Brasileirão, brigar para não cair implica em disputar classificação para a Copa Sul-Americana, que este ano deve contemplar até o 13º, já que Corinthians e Cruzeiro estão na final da Copa do Brasil.

Se separarmos os 12 primeiros colocados dos oito que brigam intensamente contra o rebaixamento, veremos que a única fuga ao badalado G12 (formado pelos grandes de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul, times que mais arrecadam no país) é o Atlético Paranaense na zona que hipoteticamente caberia ao Vasco.

Fora isso, nada novo. A briga intensa contra o rebaixamento vai do América-MG, 13º colocado com 32 pontos, até o Sport, 19º com 27. Entre eles, Bahia, Vasco, Chapecoense, Ceará e Vitória – para o lanterna Paraná, a queda parece questão de tempo. O Botafogo, em 12º com 34 pontos, também corre risco. Assim como o Corinthians, que está em 11º com 35 pontos, porém em viés de queda: faz a quarta pior campanha do returno, melhor apenas que Sport, Bahia e Paraná.

O Atlético Paranaense tem uma peculiaridade: é um dos quatro times que não venceram nenhum jogo fora de casa no atual Brasileirão, mas seu desempenho de 74% como mandante, o sexto melhor da Série A, compensa. Os outros visitantes que não ganharam de ninguém são Paraná, Chapecoense e Vasco. O Vitória ainda enfrentará o Atlético-PR no Barradão. E o Bahia terá Paraná e Chapecoense pela frente em Salvador.

Os piores mandantes do campeonato são Paraná, Sport, Ceará e Santos, sendo que o Peixe só é pior que o Vitória em casa por critérios de desempate. Desse quarteto, o Leão ainda jogará fora de casa contra Paraná e Sport. O Bahia terá o clássico Ba-Vi no Barradão.

Herbem Gramacho é editor de Esporte e escreve às quintas-feiras


Relacionadas
Correio.play
A informação foi dada por uma das melhores amigas da drag, Michelle Visage
Ler Mais
Exigência é pré-requisito da CBF e Conmebol para disputar torneios em 2019
Ler Mais
Rival tricolor não venceu fora de casa na Série A, mas é um mandante acima da média; jogo de ida é quarta, na Fonte
Ler Mais
O chá de bebê foi realizado no último domingo (21)
Ler Mais
Publicação norte-americana também destaca, "sem surpresa", o fato de Bolsonaro ser comparado com Trump
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/e-obrigacao-do-estado-defender-o-stf-diz-oab-sobre-eduardo-bolsonaro/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/ed-sheeran-volta-ao-brasil-para-mais-dois-shows-de-sua-turne/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/decano-do-stf-rebate-filho-de-bolsonaro-inconsequente-e-golpista/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/apos-video-eduardo-bolsonaro-diz-que-nunca-defendeu-fechar-stf/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/bolsonaro-se-alguem-falou-em-fechar-o-stf-precisa-consultar-psiquiatra/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/desinformacao-deliberada-ha-de-ser-combatida-diz-rosa-weber/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/fhc-diz-que-declaracoes-de-filho-de-bolsonaro-cheiram-a-fascismo/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/basta-um-soldado-e-um-cabo-para-fechar-stf-disse-filho-de-bolsonaro/