Bahia e Vitória reforçam lobby para votação de MP do Mandante

esportes
23.09.2020, 09:35:00
Atualizado: 23.09.2020, 10:21:14
(Divulgação/EC Bahia)

Bahia e Vitória reforçam lobby para votação de MP do Mandante

Guilherme Bellintani e Paulo Carneiro conversaram com deputados da bancada baiana

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Os presidentes dos dois principais clubes do estado, Guilherme Bellintani, do Bahia, e Paulo Carneiro, do Vitória, conversaram com deputados federais da bancada baiana na última terça-feira (22), sobre a "Lei do Mandante".

Eles se reuniram com João Carlos Bacelar (PL), Leur Lomanto Júnior (DEM), Mário Negromonte Jr. (PP) e Valmir Assunção (PT). A iniciativa dos dirigentes tem o objetivo de reforçar o lobby para a votação da Medida Provisória 984 no Congresso Nacional.

A reunião entre dirigentes e deputados federais ocorreu também em outros estados. Bahia e Vitória estão entre os 46 clubes do movimento "Futebol Mais Livre", que defende a mudança dos direitos de transmissão. Flamengo, Palmeiras, Vasco e Athletico-PR, por exemplo, também fazem parte.

A MP 984 vale até 16 de outubro e perderá a validade se não for votada no Congresso Nacional antes disso. O texto do presidente Jair Bolsonaro, editado em 18 de junho deste ano, permite que o mandante da partida decida sobre o direito de transmissão. 

Caso a MP 984 não seja votada, o direito de transmissão volta a ser regido pela Lei Pelé, que dá o direito dos jogos às duas equipes envolvidas e exige que a emissora detentora dos direitos tenha contrato com ambas. 



***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas