Bahia volta a sediar final dos Jogos Universitários após 51 anos

esportes
21.10.2019, 06:00:00
Ação para a prática de basquete 3×3 foi realizada no Farol da Barra, em setembro, durante tour promocional do JUBs (CBDU/Divulgação )

Bahia volta a sediar final dos Jogos Universitários após 51 anos

JUBs reúne 2.500 atletas em Salvador e Lauro de Freitas desta segunda até o dia 28

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Ao menos esportivamente, Salvador vai se transformar em uma cidade universitária durante uma semana. Após 51 anos, a capital baiana vai sediar a fase final dos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs). O evento começa nesta segunda-feira (21) e termina no dia 28. A cerimônia de abertura, às 19h, no Centro Panamericano de Judô, em Lauro de Freitas, terá show da banda Psirico como uma das atrações. 

Aproximadamente 2.500 atletas e técnicos irão disputar 13 modalidades. Futsal, handebol, judô, karatê, natação, vôlei, vôlei de praia, basquete e basquete 3×3 fazem parte da grade dos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, mas também estão inclusos no JUBs competições de jogos eletrônicos (FIFA e League of Legends), disputa acadêmica - que premia artigos científicos relacionados a esporte - e cheerleading, novidade desta edição, composta por levantamentos, acrobacias, saltos, dança e pirâmides.

Para chegarem à semana decisiva da maior competição universitária do país, os finalistas foram selecionados em quatro conferências regionais. "Eles passaram pelas etapas estaduais, depois por etapas regionais classificatórias para culminar aqui em Salvador com o que a gente pode dizer que é o supra-sumo do esporte universitário nacional. Na CBDU hoje passam 80 mil alunos-atletas e aqui estão os 2.500 melhores", pontua o vice-presidente da Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU), Alim Maluf Neto.

As disputas de títulos acontecerão em 10 praças esportivas localizadas em Salvador e Lauro de Freitas (a relação completa está no fim do texto), sempre com entrada gratuita para o público. Os horários detalhados das provas podem ser conferidos através do site da CBDU. Também será possível acompanhar ao vivo as disputadas de algumas modalidades através do Facebook da entidade.

"O governo do estado investiu R$ 6 milhões nesse empreendimento. (...) A nossa preocupação é manter o comitê organizador funcionando após o evento, pois precisamos deixar um legado e o legado principal do JUBs na Bahia é melhorar a ação do esporte universitário, que é um instrumento para melhorar a qualidade do ensino, de engajamento do estudante. Nós temos que utilizar esse instrumento", afirma o secretário estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Davidson Magalhães.

Competidores das cinco regiões brasileiras ficarão concentrados no Gran Hotel Stella Maris. Lá funcionará o Boulevard dos Atletas, que contará com atrações para entreter e relaxar os atletas durante a estadia na Bahia, a exemplo de futebol de sabão, futsinuca, aulas de caiaque, stand up paddle e surfe, karaokê, tênis de mesa, futmesa e grupos musicais.

Os Jogos Universitários Brasileiros servem como seletiva para competições universitárias internacionais, a exemplo da Universíade, que costuma reunir mais de 10 mil atletas de 170 países.

Onde cada modalidade será disputada:

Basquete 3×3, jogos eletrônicos (FIFA) e acadêmico - Gran Hotel Stella Maris
Futsal - Ginásio FSBA (feminino) e Ginásio de Cajazeiras (masculino) 
Handebol - Ginásio do IFBA
Judô, karatê, jogos eletrônicos (League of Legends) e cheerleading - Centro Panamericano de Judô
Natação - Centro Olímpico de Natação (Bonocô)
Vôlei - Ginásio da Adelba e Ginásio FSBA
Vôlei de praia - Centro de Treinamento da Ribeira
Basquete - Ginásio Municipal de Lauro de Freitas

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas