Baiana estreia na Amazon com livro entre os mais vendidos

entretenimento
25.05.2021, 17:30:00
Atualizado: 25.05.2021, 19:15:21
(Foto: Reprodução)

Baiana estreia na Amazon com livro entre os mais vendidos

Rayllanna Lima conta histórias de mulheres que dizem ter renascido depois de vivenciar um câncer, tendo como personagem uma mulher que superou a doença por 7 vezes

A jornalista baiana Rayllanna Lima fez sua estreia como escritora com uma grande marca para a carreira. Contribuindo há mais de sete anos para o jornalismo local, ela entrou para a lista dos livros mais vendidos da seção Jornalismo na Amazon, com o lançamento do livro-reportagem ‘Renascer’.

No e-book, fruto de seu trabalho de conclusão de curso, a jornalista conta as histórias de mulheres que dizem ter renascido depois de vivenciar um câncer. Uma das personagens superou a doença por sete vezes.

O projeto tem como propósito tirar os olhos da doença para colocar nos pacientes. Além das personagens com histórias de sobrevivência, foram ouvidos especialistas da área de saúde, como oncologistas e psicólogos, garantindo o embasamento científico sobre o tema.

“Pessoas não são e não podem ser apenas estatísticas. Em geral, quando se fala em câncer, o que mais aparece são os números de quantas pessoas morreram, quantas vão morrer ou quantas terão a doença. Decidi virar essa chave dando voz a quem viveu um câncer na pele e tem propriedade para falar sobre isso. Encontrei mulheres que tiveram medo do processo, mas que ao longo dele se depararam com suas melhores versões. Elas contam que aprenderam que a informação é uma importante aliada no tratamento oncológico”, explica Rayllanna.

Dividido em quatro capítulos, o livro aborda ainda questões relacionadas ao autoconhecimento, autocuidado e amor genuíno.

“Ouvir essas mulheres fez com que eu repensasse o meu modo de ver a vida e de viver. E acredito que isso também ocorrerá com os leitores. Além de relatarem os momentos mais difíceis ao longo do tratamento, elas falam sobre técnicas que podem ajudar nos processos de cura física, mental e espiritual. Não só para quem recebe um diagnóstico de câncer, mas para qualquer pessoa”, afirma a jornalista.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas