Baiano Bruno Jacob é 9º lugar no Mundial de motosurf freeride

esportes
29.04.2019, 14:15:00
Atualizado: 29.04.2019, 15:09:06
Bruno Jacob salta em manobra em Portugal (Zé Pereira/ Divulgação)

Baiano Bruno Jacob é 9º lugar no Mundial de motosurf freeride

Primeira etapa do campeonato foi disputada em Peniche, em Portugal

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Único brasileiro a participar do Mundial de motosurf freeride 2019, o baiano Bruno Jacob ficou em 9º lugar na primeira etapa da competição, disputada de 26 a 28 de abril, na praia de Lourinhã, em Peniche, em Portugal. O torneio reuniu 30 competidores de 10 países. 

"Infelizmente a avaliação dos jurados me decepcionou, uma avaliação nas quartas de final que me deixou fora dos quatro primeiros lugares. Até agora a gente está sem entender. Nós protestamos bastante, mas não quero focar nese ponto, não. Fui muito bem, o mar estava sensacional, o público compareceu em massa e vibrou bastante. Quero focar nisso aí para a próxima", afirmou Bruno Jacob, que é o atual campeão sul-americano da categoria. 

Jacob descansou nesta segunda-feira (29) e já recomeça os treinamentos na terça (30) visando à próxima etapa do campeonato, que acontece de 28 a 30 de junho, no México. Ele ficará em Portugal até o próximo dia 5, quando retorna para Salvador. 

"Eu estou bem otimista com o circuito, tenho treinado bastante, principalmente a parte do surfe com a moto aquática, que é um diferencial que existe hoje para ganhar pontos, não só os saltos, que a gente já estava acostumado. Estou muito ansioso para competir novamente", projeta Bruno.

A terceira e última etapa do Mundial de motosurf freeride 2019 será realizada de 6 a 8 de setembro, nos Estados Unidos. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas