Banda Djavú é acusada de ser plágio de banda paraense de tecnobrega

entretenimento
23.11.2009, 20:18:41

Banda Djavú é acusada de ser plágio de banda paraense de tecnobrega

Segundo colunista, empresário Paulo Palcos roubou músicas da banda Ravelly



A reportagem “Banda Djavú: o Watergate do tecnobrega', assinada pelo colunista Timoteo Timpin Pinto, do Diário do Pará, acusa a banda baiana Djavu de ser plágio de uma banda paraense. O empresário Paulo Palcos, do municipio de Capim Grosso, teria roubado as músicas da banda Ravelly como vingança, acusa Pinto.

Tudo começou por um chip trocado. O empresário Geanderson e Paulo Palcos perceberam o sucesso da banda do Pará e resolveram contratá-la para uma série de shows pelo interior baiano. Eles ligaram para o marido da cantora Vanda e fecharam o acordo. Porém, o empresário da banda, Flávio, pegou o chip do celular do marido da vocalista e passou a receber as ligações.

Dois radialistas do programa Zueira Legal, da cidade de Senhor do Bonfim, também tiveram a ideia da turnê e ligaram para o Pará. Porém, não se sabe por que, Paulo Palcos, em Capim Grosso, recebeu a ligação e fechou o negócio sem perceber o engano. Dias depois, Paulo viu sua cidade com cartazes sobre um show da banda, mas promovido pelos radialistas.

O empresário ligou para o Pará para reclamar e recebeu a informação que o show estava realmente fechado com os radialistas de Senhor do Bonfim. Em contrapartida, Paulo formou uma banda para tocar as mesmas músicas da Banda Ravelly. Nádila e Geanderson formam os vocais e Juninho Portugal foi escalado como DJ.

A gravação de um DVD da Banda Djavú se espalhou pelos camelôs de São Paulo e eles despontaram como novo sucesso tecnobrega. Para aumentar o repertório, a banda teria ido ao Pará e roubado música de compositores locais.

“O groove amazonense da música Rubi da Djavu do Brasil arrasa com aquele sonzinho fuleiro dos baianos”, conclui o colunista Timpin, se referindo a uma música roubada da Banda Ravelly. Um apresentador e um diretor de uma emissora de TV, segundo Timpin, também seriam sócios de Paulo Palcos.

Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/videos-e-fotos-mostram-noite-de-raios-e-trovoes-em-salvador-veja/
Segundo a Codesal, a região da cidade onde mais choveu foi Ondina, com 116 mm
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/jovem-de-campo-formoso-e-promessa-nas-artes-plasticas-baianas/
Aos 21 anos, Ronald Júnior se prepara para expor no Palacete das Artes e vende seus quadros por até RS 8 mil
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/video-mostra-pm-matando-subtenente-em-feira-de-santana/
Nas imagens, vítima aparece sendo abordada por PMs
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/advogado-que-espancou-policial-em-feira-vai-para-prisao-domiciliar/
Orlando Assis responde por duas tentativas de homicídio e porte ilegal de arma
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/e-preciso-buscar-novos-lugares-de-fazer-piada-defende-leandro-hassum/
Porém, nova comédia estrelada pelo ator reproduz velhos preconceitos
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/pitty-mistura-salsa-e-rock-em-novo-single-ouca-noite-inteira/
Canção conta ainda com participação especial de Lazzo Matumbi
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/humor-joiado-cearense-para-fazer-o-cinema-brasileiro-gargalhar/
Cine Holliúdy 2 - A Chibata Sideral mistura cearensês, alienígenas e Lampião, e fecha trilogia de sucesso popular
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/nostalgia-pura-netflix-divulga-trailer-da-terceira-temporada-de-stranger-things/
Com cenas inéditas, série mostra protagonistas mais velhos e novos personagens. A produção estreia no dia quatro de julho
Ler Mais