Banda Djavú é acusada de ser plágio de banda paraense de tecnobrega

entretenimento
23.11.2009, 20:18:41

Banda Djavú é acusada de ser plágio de banda paraense de tecnobrega

Segundo colunista, empresário Paulo Palcos roubou músicas da banda Ravelly



A reportagem “Banda Djavú: o Watergate do tecnobrega', assinada pelo colunista Timoteo Timpin Pinto, do Diário do Pará, acusa a banda baiana Djavu de ser plágio de uma banda paraense. O empresário Paulo Palcos, do municipio de Capim Grosso, teria roubado as músicas da banda Ravelly como vingança, acusa Pinto.

Tudo começou por um chip trocado. O empresário Geanderson e Paulo Palcos perceberam o sucesso da banda do Pará e resolveram contratá-la para uma série de shows pelo interior baiano. Eles ligaram para o marido da cantora Vanda e fecharam o acordo. Porém, o empresário da banda, Flávio, pegou o chip do celular do marido da vocalista e passou a receber as ligações.

Dois radialistas do programa Zueira Legal, da cidade de Senhor do Bonfim, também tiveram a ideia da turnê e ligaram para o Pará. Porém, não se sabe por que, Paulo Palcos, em Capim Grosso, recebeu a ligação e fechou o negócio sem perceber o engano. Dias depois, Paulo viu sua cidade com cartazes sobre um show da banda, mas promovido pelos radialistas.

O empresário ligou para o Pará para reclamar e recebeu a informação que o show estava realmente fechado com os radialistas de Senhor do Bonfim. Em contrapartida, Paulo formou uma banda para tocar as mesmas músicas da Banda Ravelly. Nádila e Geanderson formam os vocais e Juninho Portugal foi escalado como DJ.

A gravação de um DVD da Banda Djavú se espalhou pelos camelôs de São Paulo e eles despontaram como novo sucesso tecnobrega. Para aumentar o repertório, a banda teria ido ao Pará e roubado música de compositores locais.

“O groove amazonense da música Rubi da Djavu do Brasil arrasa com aquele sonzinho fuleiro dos baianos”, conclui o colunista Timpin, se referindo a uma música roubada da Banda Ravelly. Um apresentador e um diretor de uma emissora de TV, segundo Timpin, também seriam sócios de Paulo Palcos.

Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/policiais-militares-e-espadeiros-entram-em-confronto-em-senhor-do-bonfim/
Atividade é proibida desde 2017, mas testemunhas acusam PMs de truculência
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/video-mostra-evolucao-tecnica-em-animacoes-da-pixar-desde-1995/
Desde o primeiro Toy Story, a Pixar produziu 21 filmes de animação
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/sao-joao-em-versos-de-poesia-e-letra-de-musica/
Confira últimos vídeos da websérie especial São João na Estrada
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/nicki-minaj-lanca-musica-nova-ouca-megatron/
Megatron já é cotada como novo hit do verão americano
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/onibus-pega-fogo-na-rodoviaria-de-salvador/
No momento do incêndio houve tumulto e correria dentro do terminal
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/musica-de-freddie-mercury-e-revelada-quase-30-anos-depois-de-sua-morte/
Originalmente lançada em 1986, música ressurge em nova gravação
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/charlize-theron-e-seth-rogen-formam-um-casal-improvavel/
Na comédia, um jornalista reencontra a mulher sua ex-babá e os dois se envolvem
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/antes-da-festa-de-sao-joao-amargosa-se-encontra-na-feira/
Terceiro destino da websérie especial São João na Estrada acompanha preparativos na cidade do Vale do Jiquiriçá
Ler Mais