Barcelona goleia Athletic Bilbao e é campeão da Copa do Rei

esportes
17.04.2021, 18:54:00
Atualizado: 17.04.2021, 18:54:19
Messi marca duas vezes e comemora com os companheiros do Barcelona (Divulgação FC Barcelona)

Barcelona goleia Athletic Bilbao e é campeão da Copa do Rei

Messi marcou duas vezes na goleada por 4x0

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Com dois gols de Lionel Messi e um show no segundo tempo, o Barcelona goleou o Athletic Bilbao por 4x0, neste sábado (17), e se sagrou campeão da Copa do Rei. Longe de fazer uma grande temporada, o time catalão chegou ao 31º título da competição, ampliando sua vantagem como maior campeão do torneio nacional.

Além de Messi, também brilharam Frenkie de Jong, autor de um gol e duas assistências, e Jordi Alba, com dois passes para gol no estádio de La Cartuja, na cidade de Sevilha. A conquista pode ter sido a última de Messi com a camisa do Barcelona, uma vez que o argentino tem contrato somente até o fim da temporada e ainda não definiu seu futuro.

Eliminado nas oitavas de final da Liga dos Campeões e apenas o terceiro colocado no Espanhol, o Barcelona apostava na Copa do Rei como sua maior chance de título na temporada. E isso ficou claro logo nos primeiros minutos de jogo. Messi e companhia cercaram a área do Bilbao, em forte pressão.

Logo aos quatro minutos, De Jong recebia passe de Messi e acertava o pé da trave. Parecia o anúncio de um massacre. Mas o Athletic se segurou bem na defesa e conteve o ímpeto dos catalães. Aos poucos, até passou a se arriscar no ataque, sem maior perigo à defesa do Barça ao longo dos 90 minutos.

O duelo chegou a ficar equilibrado nos minutos finais do primeiro tempo. Mas tudo mudou no segundo. Super ofensivo, o favorito começou novamente impondo pressão. Aos 2, Dest cruzou rasteiro da direita e Griezmann desperdiçou grande chance ao mandar nos pés do goleiro. Em seguida, o Barcelona precisou de oito minutos para alterar completamente o panorama do confronto.

A artilharia teve início aos 14, quando Messi acionou De Jong e do lado direito partiu o cruzamento rasteiro para Griezmann, desta vez sem hesitar, completar para as redes. Três minutos depois, De Jong passou de "garçom" para finalizador. E anotou o segundo, de cabeça, após passe de Alba.

Mais cinco minutos, e o meia holandês voltou a dar assistência decisiva, desta vez para Messi, que fez estrago na área rival ao dominar pela esquerda, conter três marcadores e bater rasteiro no canto.

O quarto gol também foi marcado pelo argentino. Aos 26, Alba foi até a linha de fundo, cruzou para trás e Messi chegou batendo rasteiro e contando com ajuda do goleiro, que resvalou na bola e não evitou o gol. Antes do apito final, Griezmann ainda mandou para as redes, após passe de Messi, mas o árbitro consultou o VAR para anular o gol por impedimento.


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas