Boeing realiza 1º voo do maior avião da família 737 MAX e inicia fase de testes

mundo
18.06.2021, 20:03:00
Atualizado: 18.06.2021, 20:17:38
(Divulgação/Boeing)

Boeing realiza 1º voo do maior avião da família 737 MAX e inicia fase de testes

737-10 pode transportar até 230 passageiros e entrada em operação está prevista para 2023. No Brasil, a Gol tem um pedido da aeronave

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O maior avião da família 737 MAX já desenvolvido, o Boeing 737-10, realizou com sucesso nesta sexta-feira (18), seu primeiro voo, informou a fabricante norte-americana.

"O desempenho do avião foi maravilhoso", disse a piloto chefe do 737, Comandante Jennifer Henderson, em comunicado. "O voo nos permitiu testar os sistemas, controles de voo e qualidades de manuseio da aeronave e todos tiveram um desempenho exatamente como esperávamos."

O 737-10 pode transportar até 230 passageiros. O voo deu início a um programa de teste abrangente e, segundo a companhia, a Boeing trabalhará em estreita colaboração com as agências reguladoras para certificar o avião antes de sua entrada em operação, prevista para 2023.

"O 737-10 é parte importante dos planos de frota de nossos clientes, dando-lhes mais capacidade, maior eficiência de combustível e a melhor economia por assento do que qualquer outro avião de corredor único", disse em comunicado o CEO da Boeing Commercial Airplanes, Stan Deal. "Nossa equipe está empenhada em entregar uma aeronave com a mais alta qualidade e confiabilidade."

A Boeing vem trabalhando para superar acidentes aéreos envolvendo a família de aviões 737 MAX. No Brasil, a Gol tem um pedido do 737-10.


 
 
 
 
 
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas