Bolsonaro passa Lula na espontânea pela primeira vez na corrida eleitoral

fora da margem
10.09.2018, 16:08:00
Atualizado: 11.09.2018, 12:58:40

Bolsonaro passa Lula na espontânea pela primeira vez na corrida eleitoral

O deputado Jair Bolsonaro, presidenciável pelo PSL, aparece com 26% de intenções de voto espontâneas na pesquisa da FSB, em parceria com o banco BTG Pactual. É a primeira vez em que ele aparece à frente da corrida eleitoral em um cenário de comparação que inclua o ex-presidente Lula. O líder petista, impedido de disputar a eleição pela Justiça, não aparece na simulação estimulada. Pela pesquisa, Bolsonaro e Lula estavam empatados com 21% nos dias 01 e 02 de setembro, antes que o militar da reserva tivesse sido esfaqueado. Ainda na espontânea, Ciro Gomes (PSB) aparece em terceiro, com 7% das intenções de votos.  Outro detalhe interessante da pesquisa espontânea é o número de indecisos: são 20%. É voto suficiente para levar qualquer um dos candidatos para o segundo turno. 

Espontânea

Jair Bolsonaro (PSL)    26%

Lula (PT)    12%

Ciro Gomes (PDT)    7%

João Amoêdo (NOVO)    3%

Geraldo Alckmin (PSDB)    3%

Marina Silva (Rede)    3%

Fernando Haddad (PT)    3%

Alvaro Dias (Podemos)    2%

Henrique Meirelles (PMDB)    1%

Outros    1%

Ninguém/Nenhum    13%

Branco/Nulo    4%

Não Sabe    20%

Não Respondeu    2%

Militar da reserva confirma crescimento na estimulada
O cenário de crescimento de Jair Bolsonaro é confirmado nas pesquisa de intenções de votos estimulada (quando o eleitor recebe uma lista com os nomes dos candidatos). O militar aparece em primeiro, com 30% de intenções de votos – 4 pontos percentuais (pp) acima do que tinha no último levantamento. Ciro Gomes se isola na segunda colocação, com 12%. Marina Silva, que chegou a ter 15% de intenções de votos no final de agosto, voltou a cair e está empatada com Haddad e Alckmin, todos com 8%.