Bottas fatura a pole no Bahrein; Pietro Fittipaldi larga em 20º

esportes
05.12.2020, 19:35:22
Atualizado: 05.12.2020, 19:47:24
Valtteri Bottas e George Russel, da Mercedes, durante o treino classificatório (Fórmula 1 / Divulgação)

Bottas fatura a pole no Bahrein; Pietro Fittipaldi larga em 20º

Com covid-19, Lewis Hamilton está afastado

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Depois de ver George Russel liderar as atividades na sexta-feira e Max Verstappen ser o mais rápido no último treino livre, Valtteri Bottas cresceu na hora certa e conquistou a pole para o GP de Sakhir neste sábado (5). O finlandês foi apenas 0s026 mais veloz que seu companheiro de Mercedes.

Bottas anotou 53s377 para ser o mais rápido da equilibrada sessão classificatória deste fim de semana e vai largar na posição de honra do grid pela 16ª vez na carreira, a quinta nesta temporada, totalmente dominada pela Mercedes.

Russel, que foi escolhido pela Mercedes para substituir o heptacampeão mundial Lewis Hamilton, afastado com covid-19, também se destacou na atividade e vai largar na primeira fila de forma inédita na Fórmula 1. Bottas se mostrou feliz pelo resultado do companheiro e também pela sua exibição.

"É bom ver o George completando a primeira fila, é bom estar na pole, apesar de não ter sido minha melhor classificação. Feliz por ter sido o bastante", resumiu o finlandês, que briga pelo vice do Mundial de Pilotos com Verstappen. O holandês marcou 53s433 e foi 0s056 mais lento que o pole.

Substituto do francês Romain Grosjean, que sofreu um acidente impressionante no GP do Bahrein e se recupera das queimaduras nas mãos, Pietro Fittipaldi ficou na 20ª e última posição na sessão classificatória. De qualquer maneira, o neto do bicampeão Emerson já largaria em último porque havia sido punido pela troca de componentes do motor de sua Haas.

Ele foi o primeiro a entrar na pista e ficou a 0s4 do companheiro Kevin Magnussen na primeira tentativa. Melhorou seu tempo mais duas vezes, mas seguiu em 20º, a 0s7 do dinamarquês.

A surpresa positiva do treino foi Charles Leclerc. O monegasco superou os problemas da Ferrari e, com o tempo de 53s613, conseguiu um improvável quarto lugar, fechando a segunda fila, logo à frente de do mexicano Sergio Pérez, da Racing Point, o quinto.

O russo Daniil Kvyat, da AlphaTauri, foi o sexto colocado, seguido do australiano Daniel Ricciardo, da Renault, do espanhol Carlos Sainz Jr, da McLaren, e de seu companheiro, o francês Pierre Gasly. O canadense Lance Stroll, da Racing Point, fechou o top 10.

No domingo, a largada da penúltima corrida da temporada de 2020 da Fórmula 1 está marcada para 14h10. Uma semana após receber o GP do Bahrein, o mesmo circuito recebe o GP de Sakhir, porém com traçado alterado, usando apenas o anel externo do autódromo.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas