Branco fala de covid-19: 'Só quem sofre sabe que não é fácil'

esportes
20.04.2021, 18:30:00
Branco falou de drama na luta contra covid-19 (Foto: Joedson Moura/Retrô F.C.)

Branco fala de covid-19: 'Só quem sofre sabe que não é fácil'

Coordenador de base da CBF ficou internado em UTI por complicações causadas pela doença

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Tetracampeão mundial com a seleção brasileira em 1994 e atual coordenador de base da CBF, o ex-lateral-esquerdo Branco viveu um drama no mês passado após ficar internado em uma Unidade de Tratamento Intensivo de um hospital na zona sul do Rio de Janeiro por complicações da covid-19. Recuperado da doença, o ex-jogador relatou o que passou para vencê-la.

"É tudo gratidão. Eu passei um momento muito difícil. As pessoas acham que esse vírus é brincadeira e não é. Às vezes se torna repetitivo e chato dizer usem máscara, álcool em gel e não façam aglomerações. Mas é a pura verdade. Só quem sofre como eu sofri sabe que não é fácil. Mas lutamos. É agradecer a Deus, que me deu a oportunidade de sair dessa. Uma vida nova, uma nova caminhada. Refleti muito dentro daquele hospital nos 18 dias que eu fiquei", afirmou Branco, em entrevista ao SporTV.

Ele também fez uma série de agradecimentos pelas mensagens positivas e de apoio. "O que fizemos dentro de campo é um legado que vale a pena, todo esforço que tivemos... Agora é viver a vida, com muita disciplina e trabalho", disse.

O coordenador de base da CBF falou ainda sobre as expectativas para as disputas da Copa América, em junho, e dos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, entre os meses de julho e agosto. "Nosso planejamento está muito adiantado. Garanto que vamos com seleções fortíssimas. Já temos uma base muito forte", declarou.

Para a Olimpíada, adiada no ano passado por causa da pandemia do novo coronavírus, Branco confirmou que o técnico André Jardine vai levar três nomes acima de 24 anos. Não adiantou quem serão esses jogadores, mas deixou no ar que um deles pode ser um goleiro.

"Com certeza (está no planejamento usar a cota de jogadores acima de 24 anos). Vamos ter três jogadores acima de 24 anos. Isso eu não tenho a menor dúvida. Já conversamos muito sobre isto. Tudo depende de algumas situações de liberações. Mas com certeza vamos levar esses três jogadores", revelou Branco, que ainda completou: "Nós temos algumas situações e o goleiro é uma delas, que estamos pensando seriamente em convocar. Um goleiro de muita qualidade e experiente. É um caminho".

Um nome especulado é o de Weverton, do Palmeiras, que foi o titular do técnico Tite na seleção principal nas duas primeiras rodadas das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022 e campeão olímpico nos Jogos do Rio-2016 com defesa de uma penalidade máxima na disputa da medalha de ouro contra a Alemanha, há quase cinco anos, no estádio do Maracanã.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas