Brasil vai às finais do revezamento 4x200m livre e dos 800m

esportes
27.07.2021, 10:30:00
Atualizado: 27.07.2021, 10:30:12
Guilherme Costa vai disputar a final dos 800 metros (Satiro Sodre/CBDA)

Brasil vai às finais do revezamento 4x200m livre e dos 800m

Na disputa dos 100 metros livre, dois nadadores da equipe verde e amarela foram eliminados

Nas águas do Centro Aquático de Tóquio, os brasileiros Fernando Scheffer, Breno Correia, Luiz Altamir e Murilo Sartori se classificaram na manhã desta terça-feira (27), de Brasília, noite no Japão, para a final da prova do revezamento 4x200 metros livre, com 7min07s73. Foi o oitavo melhor tempo geral, o que garantiu a última vaga para a decisão, que tem previsão para ser disputada por volta das 0h25 de quarta (28).

Na mesma sessão, outro brasileiro garantiu vaga para a disputa de medalha na natação masculina. Guilherme Costa ficou em segundo lugar em sua bateria nos 800 metros, depois de liderar grande parte da prova. O nadador carioca, de 22 anos, conseguiu o tempo de 7min46s09 e ficou atrás somente do austríaco Felix Auboeck.

No classificatório geral, Guilherme Costa terminou em quinto lugar. "Gostei muito da prova. Sabia que tinha que começar forte e foi o que eu fiz", disse o nadador em entrevista ao SporTV logo após sair da piscina.

Na disputa dos 100 metros livre, dois nadadores do Brasil foram eliminados: Gabriel Santos e Pedro Spajari, que ficaram, respectivamente, na penúltima e na última colocações em suas baterias.

"Não foi muito bom, foi um tempo bem ruim, nem lembro a última vez que fiz um tempo parecido. Não tenho uma análise agora, preciso sentar com meu técnico e rever algumas coisas, planejamento, parte técnica", disse, desapontado, Gabriel Santos depois do resultado. "A gente fica um pouco chateado mas o resultado ruim está aí para a gente evoluir".

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas