Brasileiras ficam com prata na etapa de Nanquim do vôlei de praia

esportes
09.06.2019, 14:57:26
Dupla brasileira, à esquerda, foi prata em Nanquim (Foto: Divulgação/FIVB)

Brasileiras ficam com prata na etapa de Nanquim do vôlei de praia

Nanquim é a sexta de oito etapas nível duas estrelas da temporada

O Brasil subiu ao pódio mais uma vez nesta temporada do Circuito Mundial de vôlei de praia. As brasileira Carol Horta e  ngela conquistaram a prata neste domingo (9), na etapa de Nanquim, na China. Elas perderam a final por 2 sets a 0, parciais de 17/21 e 15/21, para a dupla da casa formada por Hui Jie Chen e Jiaxi Wang.


As brasileiras somaram 360 pontos no ranking mundial com o vice-campeonato, o segundo consecutivo, já que foram prata em Nantong, onde também foram derrotadas na final por Hui Jie Chen e Jiaxi Wang. Curiosamente, Carol Horta e  ngela venceram as mesmas chinesas na estreia em Nanquim.


Para chegar à decisão, Carol Horta e  ngela derrotaram as italianas Zuccarelli e Traballi por 2 sets a 0 na semifinal. O terceiro lugar ficou com as japonesas Chiyo e Sakaguchi.


"Sem dúvidas, conquistar duas medalhas no Circuito Mundial é muito importante, claro que queríamos o ouro, mas levar essas duas pratas para o Brasil nos motiva. Tivemos um bom proveito nessas duas semanas aqui, conseguimos evoluir como time", avaliou Carol Horta.


Nanquim é a sexta de oito etapas nível duas estrelas da temporada e já teve brasileiras no lugar mais alto do pódio. Ano passado, Josi e Lili conquistaram o ouro. Outros dois eventos estão previstos para acontecer até o final do ano, ambos também na China, nas cidades de Qidong e Zhongwei.
 

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas