Brasileiro e parceira dos EUA eliminam Murray e Serena em Wimbledon

esportes
10.07.2019, 17:51:07
Atualizado: 10.07.2019, 17:54:06
Soares cumprimenta Serena Williams após vencê-la nas duplas mistas de Wimbledon (Foto: Glyn Kirk/AFP)

Brasileiro e parceira dos EUA eliminam Murray e Serena em Wimbledon

Bruno Soares e Nicole Melichar avançaram para as quartas nas duplas mistas do Grand Slam

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Cabeças de chave número 1 do torneio de duplas mistas de Wimbledon, Bruno Soares e a norte-americana Nicole Melichar foram os responsáveis nesta quarta-feira (10) pela eliminação do time formado por Andy Murray e Serena Williams, ex-líderes do ranking mundial. O brasileiro e a sua parceira venceram o britânico e veterana tenista dos Estados Unidos por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 4/6 e 6/2, em 1h30min, e avançaram às quartas de final desta disputa do Grand Slam inglês.

Heptacampeã do torneio feminino de simples em Wimbledon, Serena, de 37 anos, fez nesta edição do tradicional torneio realizado em quadras de grama uma inédita dupla com Murray, que faturou o título na capital inglesa em 2013 e 2016. E eles estrearam bem a parceria ao baterem o alemão Andreas Mies e a chilena Alexa Guarachi por 2 sets a 0 na primeira rodada das duplas mistas. Em seguida, os dois avançaram às oitavas de final com um novo triunfo em sets diretos, desta vez sobre o francês Fabrice Martin e a norte-americana Raquel Atawo.

Nesta quarta, porém, Murray e Serena não conseguiram desbancar o favoritismo dos cabeças de chave número 1 e foram derrotados após 1h31min de duelo. O escocês e a tenista dos Estados Unidos chegaram a conquistar uma quebra de saque e empataram o jogo com uma vitória por 6/4 no segundo set, mas Soares e Melichar aproveitaram três de quatro oportunidades de ganhar games no serviço dos seus adversários e triunfaram com tranquilidade na primeira e na terceira parcial.

Com a vitória sobre Murray e Serena, o brasileiro e a norte-americana se credenciaram para enfrentar nesta quinta-feira (11), por uma vaga nas semifinais, o holandês Matwe Middelkoop e a chinesa Zhaouxuan Yang, que em outro confronto desta quarta derrotaram o neozelandês Marcus Daniell e a norte-americana Jennifer Brady por 2 sets a 1, com 6/2, 6/7 (5/7) e 6/4.

Em partidas de duplas do circuito profissional, Soares já havia enfrentado Murray e atuado ao lado da própria Serena no torneio International Premier Tennis League (IPTL), mas admitiu que vencer as duas estrelas em Wimbledon teve um sabor especial para ele.

"Na prática é um jogo bem diferente por causa da expectativa e dos rivais, apesar de ser uma oitavas de dupla mista que já jogamos várias vezes. Enfrentar a Serena e o Andy torna esse momento muito diferente e muito mais especial", afirmou o brasileiro, que nesta edição de Wimbledon foi eliminado na segunda rodada da chave masculina de duplas, na qual atuou ao lado do seu novo parceiro, o croata Mate Pavic.

"Toda vez que temos uma oportunidade de jogar com esses campeões do nosso esporte é algo diferente e especial. A atmosfera na quadra estava incrível e ter ganho foi a cereja do bolo. Tive um dia muito especial", reforçou Soares.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas