Caboclo quebra silêncio, se diz inocente e promete voltar à CBF

esportes
07.06.2021, 17:40:00
Rogério Caboclo foi afastado da presidência da CBF após a denúncia (Leandro Lopes/CBF)

Caboclo quebra silêncio, se diz inocente e promete voltar à CBF

Presidente afastado da entidade também negou a intenção de demitir Tite

Um dia após ser afastado da presidência da CBF por 30 dias, Rogério Caboclo quebrou o silêncio e se manifestou pela primeira vez nesta segunda-feira (7). Em entrevista ao jornalista Rodrigo Bueno, da ESPN, o dirigente disse ser inocente quanto à acusação de assédio moral e sexual e afirmou que retornará ao cargo.

Caboclo ainda negou qualquer intenção de demitir o técnico Tite da seleção brasileira masculina, e garantiu que não houve conversas dos jogadores sobre um boicote à Copa América, que será realizada no Brasil a partir do próximo domingo (13).

"Os jogadores nunca falaram em boicotar a Copa América, em nenhum momento isso [reunião com os atletas] aconteceu. E eu nunca quis trocar o Tite, a comissão técnica. Nós estaremos todos juntos na Copa de 2022, e para vencer", falou.

Questionado sobre a acusação de assédio moral e sexual contra uma funcionária da CBF, Caboclo disse que é inocente, mas não se aprofundou.

"Não posso falar nada sobre isso porque tudo será tratado na minha defesa. Eu sou inocente. Tenho absoluta certeza de que vou provar isso. E não há dúvida nenhuma de que voltarei [à presidência da CBF]. A minha família toda está me apoiando, minha mulher, meu filho, meus pais, minha ex-mulher".

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas