Campeonatos Paulista, Carioca e Gaúcho são suspensos

esportes
16.03.2020, 12:24:00
Atualizado: 16.03.2020, 14:32:34

Campeonatos Paulista, Carioca e Gaúcho são suspensos

Federações comunicaram a decisão nesta segunda-feira (16)

Os principais campeonatos estaduais do país estão suspensos para evitar o risco de disseminação do coronavírus Covid-19. Depois da Federação Mineira de Futebol anunciar a paralisação do estadual local na noite de domingo, nesta segunda as entidades organizadoras do Paulista, do Carioca e do Gaúcho também fizeram o mesmo.

O Campeonato Paulista está interrompido por tempo indeterminado a partir de terça-feira (17). A decisão foi tomada em uma reunião entre a Federação Paulista de Futebol (FPF) e os clubes. O clássico entre Guarani e Ponte Preta, nesta segunda (16), às 20h, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, com portões fechados, será o último jogo disputado antes da pausa.

Na sexta-feira (13), a FPF já havia fechado os portões dos estádios na capital para evitar aglomeração de pessoas. Os jogos São Paulo x Santos e Corinthians x Ituano foram disputados sem a presença de torcedores. Faltam duas rodadas para o final da fase de grupos do Paulistão. 

No domingo, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) havia anunciado a suspensão de todas as competições sob a sua organização. Em relação aos campeonatos estaduais, a entidade afirmou que respeita a autonomia das federações e que, portanto, cada uma delas é livre para decidir o que fazer com os torneios.

Ainda na sexta-feira, o Ministério da Saúde recomendara a suspensão, cancelamento ou portões fechados nos eventos esportivos. Além de São Paulo, os estádios não receberam público no final de semana no Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná, Goiás e Distrito Federal.

Carioca e Gauchão são suspensos por 15 dias

O Campeonato Carioca vai parar por 15 dias. A decisão foi tomada em reunião entre a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) e representantes dos clubes. De acordo com o Globoesporte.com, inicialmente o Flamengo votou contra a paralisação, mas depois cedeu e houve unanimidade.

A decisão foi a mesma no Rio Grande do Sul, onde o Campeonato Gaúcho e qualquer outra atividade do futebol estão suspensos nos próximos 15 dias. 

"As competições que não iniciaram terão o seu começo prorrogado. A partir daí, nos reuniremos novamente e tomaremos uma nova decisão com a ajuda de um infectologista que a Federação está trazendo", relatou o presidente da Federação Gaúcha de Futebol (FGF), Luciano Hocsmann, em entrevista coletiva após a reunião.

A competição para depois da terceira rodada do segundo turno. Internacional e Grêmio lideram suas respectivas chaves e fariam no sábado mais um clássico Gre-Nal em 2020 - o terceiro -, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre. A possibilidade de cancelamento do Gaúcho é uma hipótese considerada pela federação. "Não se pode descartar isso porque não sabemos como estará a situação nos próximos dias, se melhor ou pior. Não sabemos se teremos datas", ponderou Hocsmann.

Os clubes receberam da CBF a garantia de que o calendário brasileiro será estendido até o dia 28 de dezembro e que a Copa do Brasil deve ficar parada até o meio do ano. Com isso, os estaduais poderão recuperar ao menos essas duas semanas de paralisação.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas