Camping sem perrengue? Conheça o 'glamping' na Reserva Sapiranga que tem wifi e banheira de ofurô

entre
26.06.2022, 11:00:00
Conforto, glamour e aventura no mato: glamping é isso (Foto: Tacio Moreira/ Divulgação)

Camping sem perrengue? Conheça o 'glamping' na Reserva Sapiranga que tem wifi e banheira de ofurô

Localizado próximo à Praia do Forte, o Berilo de Aruá acaba de completar um ano e recebe por mês cerca de 70 visitantes

Dá para passar um tempinho junto da natureza sem ter que abrir mão do ar-condicionado, de uma cama bacana, chuveiro elétrico, wifi, geladeira e até de uma banheira de ofurô. No glamping – ou melhor, uma versão do camping com conforto e  uma dose de glamour – tem também passeio de bike, buggy ou cavalo, aluguel de stand up,  além de massagem relaxante, na Reserva Sapiranga, no Litoral Norte.  

É isso que você vai encontrar ao se hospedar no Berilo de Aruá (@berilodearua), glamping que nasceu na pandemia, depois que o casal Monalisa Leal e Bruno Prata conheceu esse conceito de hospedagem e resolveu apostar na tendência. Por mês, os anfitriões chegam a hospedar 60 a 70 pessoas.

“O glamping é acampar com um conforto mesmo. A diferença é que no camping você precisa de uma barraca, montar tudo e aqui, você já tem a estrutura pronta para se hospedar em meio a natureza com  uma estadia realmente diferente”, explica Monalisa. 

Os meses mais frios - junho a setembro - são os mais procurados,  principalmente por casais. É preciso ter mais de 18 anos para se hospedar e o local não recebe pets nem crianças. “Essas restrições existem mais por uma questão de cuidado por conta do risco do local como a presença de cobras, por exemplo. Por se tratar de uma reserva ambiental estamos na casa de muitos animais, rodeados de bichos e insetos sabendo que os ‘intrusos’ somos nós”, justifica Bruno.

Mesmo no mato, chega todo tipo de delivery, já que o Berilo fica na Lagoa de Aruá, a cerca de 15 minutos da Praia do Forte. Bruno ressalta que a hospedagem, inclusive, faz diversas parcerias e também um guia completo para o visitante. “Esse é um detalhe também muito importante: fazemos questão de passar todas as informações possíveis para o hóspede. Indicamos lugares, links de reservas, lista de deliveries que entregam aqui. A galera tem se identificado muito porque acaba sendo a hospedagem que foge totalmente do convencional”.

Entre os principais atrativos da estadia, Monalisa destaca as trilhas, observação de pássaros e as cachoeiras, mas não nega que após passar o dia inteiro imerso na mata, um chalé com um ofurô aquecido, uma banheira rústica ou uma hidromassagem no quarto é um ‘plus’ e tanto.

“O glamping é essa virada de chave do camping. Insistimos muito nessa coisa do conforto porque é algo que não pode faltar, assim como esse contato direto com a natureza. O Berilo completou um ano no mês passado e aqui é, de fato a nossa casa, não é uma rede de hotéis. Mas sim, um lugar em que a gente recebe pessoas com o intuito de buscar uma nova experiência”, ressalta.

 São três cabanas com wifi, o conforto de uma cama e banheira no quarto
(Foto: Tacio Moreira/ Divulgação)

Por mais que haja toda essa estrutura e comodidade, Monalisa alerta para alguns detalhes importantes que o visitante precisa considerar antes de decidir se hospedar. O primeiro conselho é: leve seu repelente.

“À noite, sempre tem mosquito, então, é vir preparado com repelente e saber que não está indo se hospedar em um hotel ou pousada. Estar aberto a experimentar tudo que o lugar proporciona. A qualquer momento, você pode encontrar qualquer tipo de bicho no nosso quintal”. 

Neste fim de semana deve ficar pronto um novo espaço comum, o fogo de chão, ambiente para curtir a noite ao redor da fogueira. Além disso, um novo chalé está para ser inaugurado ainda este ano e uma das cabanas deve ganhar um terraço para os hóspedes jantarem sob o céu.

“A experiência mais especial é realmente a conexão. Enxergamos um potencial muito grande, porque esse é o  estilo de vida que escolhemos. Largamos tudo e apostamos onde a gente gosta de estar ”, complementa Bruno. 

Tendência 
Para a consultora de turismo da Agência Daventura Esportes e Viagens, Carol Chagas, a Bahia tem mesmo um grande potencial para esse tipo de hospedagem. “O glamping combina com imersão na natureza preservada e isso a Bahia tem de sobra”. O conceito, no entanto, é algo ainda muito novo, como acrescenta a especialista.

“Vemos algumas iniciativas no extremo sul da Bahia, Maraú e agora, em fase de implementação, em Morro do  Chapéu, na Chapada Diamantina. Para aproveitar esse lugar é importante que o hóspede fique sempre atento aos aspectos de higiene e organização, como qualquer hospedagem exige. E, principalmente, tenha a garantia de viver uma experiência de imersão, sem perder sua privacidade”, aconselha.

COMO CHEGAR

Glamping Berilo de Aruá 

. Onde fica: Lagoa de Aruá, na Reserva Sapiranga. São aproximadamente 90 km de Salvador e cerca de 15 minutos da Vila de Praia do Forte, em Mata de São João; 

. Estrutura: são três cabanas, duas delas têm televisão com wifi e TV aberta. Cada hóspede loga no seu canal de streaming. É preciso ter idade acima de 18 anos para se hospedar e o local não aceita pets nem recebe crianças. A estrutura das acomodações conta com cama, ar-condicionado, chuveiro elétrico, wifi, geladeira, utensílios, ofurô aquecido, banheira rústica e hidromassagem.  

. Quanto custa: diárias de R$ 500 a R$ 700 (a depender da cabana). Os hospedes têm opções de contratar à parte massagem relaxante, passeio de cavalo, rolê de buggy e noite romântica com jantar, além de bicicletas e pranchas para stand up. Em datas comemorativas e especiais, há pacotes que incluem alguns destes serviços.  

. Agendamento e mais informações: através do WhatsApp (71) 9 9221-7360 ou no Instagram @berilodearua

OUTROS GLAMPINGS BAIANOS

1. Caminho da Angélica 
Capão, Chapada Diamantina
@hospedagemcaminhodaangelica

2. Canto de Jurema Glamping & Chalé
Corumbau, Extremo Sul da Bahia 
@cantodejuremacorumbau

3. Dê Algodões Glamping & Café
Penisula de Maraú
@dealgodoes1

4. Glamping da Mata
Caraíva, Porto Seguro 
@glampingdamatacaraivaoficial

5. Descanso Manzuá
Itacaré
@descansomanzua

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas