Canal Brasil homenageia Elza Soares com programação especial

entretenimento
24.01.2022, 10:00:00
Elza foi considerada pela BBC a voz do milênio (Ana Paula Amorim/divulgação)

Canal Brasil homenageia Elza Soares com programação especial

Shows, entrevistas e documentários relembram trajetória da cantora que morreu nesta quinta (20), aos 91 anos, de causas naturais

O Canal Brasil abre espaço na programação de hoje para exibir um especial em homenagem à cantora Elza Soares, que morreu na última quinta-feira (20), aos 91 anos. Ícone da música mundial e eleita a voz do milênio, a “ Mulher do Fim do Mundo” poderá ser vista em vários programas.

O tributo inclui o show Elza Soares, Beba-Me, dirigido por Marco Altberg; o episódio do programa Arte na Capa, que fala sobre o álbum Aquarela Brasileira, de 2015. Em seguida, dois episódios de O Som do Vinil, apresentado por Charles Gavin. No primeiro, ela comenta o álbum Mulher do Fim do Mundo (2016) e o segundo sobre disco Deus é Mulher (2019). Além disso, será reexibido o episódio Elza Soares – Malandragem, do Almanaque Musical. A programação em homenagem a Elza começa às 15h20, com o show de 2007 Elza Soares, Beba-Me; e segue às 16h35 com  o episódio do programa Arte na Capa em que Elza fala sobre o álbum Aquarela Brasileira. 

Outros álbuns também serão dissecados por ela: às 16h40, O  Som do Vinil traz Mulher do Fim do Mundo; e às 17h05, ela apresenta Deus é Mulher.  O encerramento acontece às 17h30, com o programa  Almanaque Musical: Elza Soares - Malandragem, de 2015, em que a cantora  comenta o cenário musical e  fala sobre a importância da liberdade e independência feminina.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas