Candyall e Tal reúne música e arte em um dos berços culturais de Salvador

entretenimento
10.05.2019, 08:00:00
Atualizado: 10.05.2019, 11:09:27
BaianaSystem e Carlinhos Brown são os grandes nomes do Candyall e Tal (Divulgação)

Candyall e Tal reúne música e arte em um dos berços culturais de Salvador

O bairro do Candeal abre as portas para o público com atrações pagas e gratuitas, que vão além dos shows

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O Candeal voltou a ser uma referência cultural e musical para Salvador, desde a reabertura para os ensaios de Verão do Timbalada, no início do ano. O Guetho Square, principal espaço de shows do bairro, atrai cada vez mais visitantes de fora da comunidade, o que contribui para a transformação do local em um espaço referencial de música e arte.

Um dos resultados dessa transformação é o evento que marca o fim de semana no bairro: o  Candyall e Tal, que chega à a quarta edição.  Para Selma Calabrich, 50, que coordena o projeto, o conjunto dessas atrações musicais e artísticas vai  além do evento em si: “É o resultado de um projeto desenvolvido em conjunto com a comunidade”, comenta.

"É um movimento musical que atrai seus familiares. Somos uma grande comunidade chamada Candeal e isso não importa o bairro de onde vem e o lugar de onde vem. O Candeal é nosso", disse Carlinhos Brown sobre a importância do festival para o bairro

A partir das 17h de hoje, os visitantes poderão conferir atrações gratuitas em diferentes espaços do Candeal, como a Bica, a Escadaria do Zé Botinha e a Praça das Artes. Apenas os shows que acontecem no Guetho Square serão pagos. 

"É uma forma de mostrar para a cidade como a gente existe, através da arte e da música", afirma Selma Calabrich, sobre a produção do evento

A festa será comandada pelo trio do MiniStereo Público, BNegão e pela banda brasiliense Patubatê, a partir das 19h no Guetho. Mais cedo, às 18h, o grupo Alquímea faz apresentação na Bica. “Vai ser a primeira vez que vou tocar lá. É um lugar que tem sua história, o que dá um mix de sentimentos, alegria e ansiedade”, comentou DJ Raiz, um dos integrantes da MiniStereo.

Grupo MiniStereo Público é uma das atrações nesta sexta (10) no Guetho Square (Foto: Divulgação)

E se o festival tem a forte característica de proporcionar a artistas locais a oportunidade de espalharem sua arte, também não vão faltar nomes consolidados da música na Bahia. O grupo BaianaSystem se apresenta amanhã e promete lotar o Guetho.

Aos olhos de Brown, que é a grande figura musical do bairro, a banda já é “muito Candeal”, e isso fortalece ainda mais a ideia do lugar como um “berço da música”. Brown  sobe no palco  domingo, e convida  o cantor Saulo, que faz uma participação no show.

Candyall e Tal
O quê: Evento de arte e Música no Candeal
Onde:  Bairro do Candeal, em diversas localidades
Quando: Sexta (10), sábado (11) e domingo (12) 
Ingresso:  R$30 | R$ 15 (pista) e R$ 60 (camarote) apenas para o espaço do Guetho Square
 

Confira outros trechos das entrevistas

"Para o bairro a importância de um festival como o Candyall e Tal, dá-se ao fato de que a comunidade inteira possa se mostrar. Não apenas um ou outro artista de destaque. E onde todos nós podemos nos incluir. Pois o Candeal é marcante e forte porque houve um movimento de artista para que aquilo desse certo", Carlinhos Brown

"O Candeal é esse berço do axé como é o Pelourinho, a liberdade dentre outros. Então esses grandes artistas também são da nossa família", Carlinhos Brown

"Quando vejo esses ritmos sensacionais e tudo que Russo e sua equipe faz eu sinto tudo isso muito familiar e um desenvolvimento do próprio estilo que o Candeal busca", Brown sobre a participação de Russo e da banda BaianaSystem no evento

"Os locais escolhidos para as atrações são totalmente representativos para o bairro, como sua arquitetura, por exemplo", Selma Calabrich sobre os locais escolhidos no Candeal para os shows 

*sob orientação da editora Ana Cristina Pereira

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas