Carlinhos Brown e CORREIO celebram juntos 40 anos com show na Pupileira

entretenimento
22.08.2019, 00:30:00
Atualizado: 22.08.2019, 06:56:30
Cacique do Candeal celebra quatro décadas de sucesso (Foto: Betto Jr/CORREIO)

Carlinhos Brown e CORREIO celebram juntos 40 anos com show na Pupileira

Arrecadação dos ingressos será revertida para o Instituto de Cegos da Bahia

Uma noite de muita música, comemoração e solidariedade. Assim foi o clima no cerimonial Rainha Leonor, na Pupileira, com a festa CORREIO e Carlinhos Brown - Um Show de 40 Anos.

A parceria entre o jornal e o cantor teve toda a renda dos ingressos revertida para o Instituto de Cegos da Bahia (ICB), projeto apoiado por Brown há dois anos.

E foi com muita emoção, pipoca para saudar os orixás, tambores rufando e até uma citação à música tema de A Voz do Brasil que Brown entrou em cena.

Foto: Betto Jr./CORREIO

Depois, emendou com a canção Vilarejo, composição de Marisa Monte, com uma companhia muito especial: Manu Dourado, de 11 anos, que é deficiente visual. “O sentimento que mais define esse momento é emoção”, disse a cantora mirim. A pequena ainda aproveitou para agradecer pela presença do público e, principalmente, para o “tio Carlinhos Brown”.

Na plateia, os pais de Manu, Luciana Alves e Jackson Dourado, também não esconderam a emoção de ver a filha se apresentar numa noite tão especial. "Mesmo com todas as dificuldades, vê-la se envolvendo com música, que é algo que ela gosta muito, é bem especial”, disse Jackson, destacando a importância do ICB na vida da filha.

Manu Dourado abriu a noite cantando com Carlinhos (Foto: Betto Jr./CORREIO)

No repertório afetivo, Brown trouxe as canções que marcaram seus 40 anos de carreira, desde os sucessos da Timbalada, até as composições dos Tribalistas, como Diásporas e Velha Infância, passando pela carreira solo.

Também homenageou colegas da axé music, como a banda Chiclete com Banana (Selva Branca), Daniela Mercury (com Rapunzel e Maimbê Dandá) e Margareth Menezes (Dandalunda). Gigantes da MPB também não ficaram de fora, como Tim Maia, com a animada apresentação de Não Quero Dinheiro: Só Quero Amar.

Entre todas as canções de Brown, foi Você, o Amor e Eu que com certeza marcou a noite de Diana Suarezz, 73 anos, fã incondicional do artista.

“Muita gente na minha idade não sai de casa, prefere ficar parado. Eu não”, disse a idosa, entre um sacolejo e outro.

Junto com ela, estavam três amigas que guardam muitas recordações da carreira de Brown. “As melhores lembranças que tenho são da época da Timbalada”, disse Tereza Caldas, 72, que trouxe até um banquinho para assistir ao show. 

Já Adriana Lima escolheu o show para comemorar seus 50 anos: “Hoje é uma noite de muita alegria. Só amor e muita loucura” brincou.

Brown também trouxe no repertório canções da MPB (Foto: Betto Jr./CORREIO)

A diretora do CORREIO, Renata Correia, reforçou a importância da noite, não só para o jornal e para o cantor, mas para o movimento solidário que o evento promoveu.

"Não tinha maneira mais  nobre de celebrar essa coincidência dos 40 anos de Brown e os nossos. Sem dúvida nenhuma, celebrar e transformar isso em uma ação solidária nos deixa muito honrados", afirmou Renata.

Já Luciana Gomes, gerente comercial do jornal, lembrou do desafio de produzir o evento nos últimos meses e destacou a oportunidade da parceria com o multi-artista: "Nesse momento a gente une o CORREIO, que produz diariamente um conteúdo de qualidade, com um artista que tem todo esse repertório como Bronw".

Com uma presença marcante na cena artística da Bahia e do país, Brown simboliza bem tantas tansformações que aconteceram  nas últimas quatro décadas.

“Acho muito importante que na festa dos 40 anos do CORREIO esteja o melhor compositor do axé music. É o grande compositor dessa geração, que já fez sucesso no exterior e até trilha pra filme de Hollywood. A gente não se dá conta do seu tamanho”, afirmou Hagamenon Brito, crítico de música e colunista do CORREIO, que foi um dos embaixadores do show.

Além dele, outros jornalistas e influenciadores reforçaram o time: Marrom, que também é colunista da casa, o escritor Edgard Abbehusen, os jornalistas Martinha Fonseca, Anderson Simplício, a estilista Najara Black, os atores Sulivã Bispo e Thiago Almasy, além do produtor Uran Rodrigues e da RP Maihana Cazuquel.

O público relembrou sucessos das várias fases do artista (Foto: Betto Jr./CORREIO)

 A presidente do Instituto de Cegos da Bahia, Heliana Diniz, comentou como esse é um momento de gratidão: “É de encher a alma. Vamos ajudar muito mais gente que está na fila de espera”, disse, sobre a renda com o show.

No fim, Brown apresentou pela primeira vez ao vivo a canção que homenageia Irmã Dulce. O cantor também recebeu no palco seis percussionistas e funcionários da Sotero Ambiental, patrocinadora do evento. Ele também agradeceu ao jornal pela convite e lembrou da importância do senador Antônio Carlos Magalhães para as transformações sociais no Candeal. “Ele chegou lá e mudou tudo”, disse. E não podia faltar, é claro, a clássica saudação que todo o público já sabe: "Ajaiô", disse Carlinhos ao encerrar o show. 

"Quem ama Salvador, cuida!", exclamou Brown ao fim da apresentação.

No resumo da noite, o Cacique do Candeal, disse que para ele foi uma dupla realização: “O CORREIO foi onde fiz a minha primeira entrevista, e que me colocou pro mundo, e o Instituto dos Cegos é projeto do meu coração. Agora foi o momento de devolução, 40 anos depois”.

Nesta quinta (22), o cantor se apresenta durante a programação da Semana do Clima, que acontece no Wet´n Wild (Foto: Betto Jr./CORREIO)

*Com orientação da editora Ana Cristina Pereira.

O projeto Correio 40 Anos tem oferecimento do Bradesco, patrocínio do Hapvida e Sotero Ambiental, apoio institucional Prefeitura de Salvador, e apoio de Vinci Airports, Sesi, Salvador Shopping, Unijorge, Claro, Itaipava Arena Fonte Nova, Sebrae e Santa Casa da Bahia.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/oxumare-faz-ato-ecumenico-em-defesa-das-florestas-e-da-tolerancia-religiosa/
Celebração contou com a participação de representantes de cinco religiões
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/antes-de-jogar-carro-contra-caminhao-pai-manda-filho-gravar-video-adeus-mae/
Garoto e o pai, que não aceitava fim de casamento, morreram na batida
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/morre-em-sp-o-cantor-portugues-roberto-leal-aos-67-anos/
O cantor vinha há dois anos tratando um câncer de pele, e teve complicações na última semana
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/toquinho-ivan-lins-e-mpb4-comemoram-50-anos-de-musica/
Artistas trazem a Salvador show que está há 4 anos na estrada e no qual cantam seus grandes sucessos
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/teago-oliveira-se-prepara-para-lancar-o-primeiro-album-solo/
Vocalista da banda Maglore é o convidado da coluna Meu Domingo
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/torcedores-do-vitoria-arrecadam-latas-de-sardinha-apos-milho-na-fonte-nova/
Revanche para milho derramado na Fonte Nova antes do jogo do Vitória veio também em forma de provocação
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/antes-de-jogo-do-vitoria-dezenas-de-quilos-de-milho-sao-despejados-no-entorno-da-fonte-nova/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/famosa-por-covers-de-amy-clariana-lanca-primeiro-ep-com-musicas-autorais/
Cantora baiana apresenta 'Pra Sentir', com três faixas inéditas; confira
Ler Mais