Carlos Eduardo marca no fim e Athletico-PR vence o América-MG

esportes
30.05.2021, 21:03:00
Atualizado: 30.05.2021, 21:03:18
David Terans fez a estreia pelo Athletico-PR durante a partida contra o América-MG (José Tramontin/athletico.com.br)

Carlos Eduardo marca no fim e Athletico-PR vence o América-MG

Em duelo equilibrado, Furacão aproveita chance aos 41 minutos da etapa final

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Com direito a gol sem querer de Carlos Eduardo, o Athletico-PR estreou no Campeonato Brasileiro com vitória ao derrotar o América-MG por 1x0, neste domingo (30), na Arena da Baixada, em Curitiba. O duelo foi equilibrado e de poucas oportunidades. O time paranaense acabou contando com a sorte para conquistar os seus primeiros três pontos na competição.

O técnico português António Oliveira vem se destacando no comando do Athletico-PR. Em 11 jogos no comando do clube foram nove vitórias, com um aproveitamento de pouco mais de 80%. Já Lisca é unanimidade no América-MG, mas não começou com o pé direito.

De volta à elite do futebol brasileiro, o América-MG começou o seu primeiro jogo na Série A de forma cautelosa, mas a tática quase custou caro. O Athletico-PR tomou a iniciativa e foi, logo de cara, mandando uma bola na trave na tentativa, de fora da área, de Christian. Renato Kayzer também tentou, mas parou na defesa de Matheus Cavichioli.

O América-MG foi equilibrando as ações aos poucos e chegou com perigo em duas oportunidades, com Bruno Nazário e com Felipe Azevedo, esta a mais perigosa e contou com uma grande defesa do goleiro Santos. O primeiro tempo, porém, acabou com muito equilíbrio e com o placar zerado.

O segundo tempo continuou muito estudado, com ambas as equipes se arriscando pouco. Novamente o Athletico-PR tomou a iniciativa e chegou a assustar em cabeçada de Kayzer, nas mãos de Matheus Cavichioli. Em lance semelhante, o América-MG respondeu com Felipe Azevedo. Santos pegou.

O jogo acabou caindo muito de produção e o que chamou a atenção foram as mudanças dos treinadores. Alan Ruschel fez a sua estreia com a camisa do América-MG, enquanto que Terans foi a novidade pelo lado do Athletico-PR. O VAR ainda foi chamado para analisar um cartão vermelho de Zé Ricardo por falta em Matheus Babi. O árbitro voltou atrás da decisão e aplicou o amarelo.

A emoção mesmo ficou para os minutos finais. Aos 41 minutos, Carlos Eduardo, de dentro da área, tentou cruzar para Matheus Babi. A bola pegou uma curva e acabou enganando o goleiro Matheus Cavichioli. O América-MG não conseguiu esboçar reação e acabou aceitando a derrota.

Na próxima rodada, o América-MG enfrenta o Corinthians no domingo, às 16 horas, no estádio Independência, em Belo Horizonte. No mesmo dia, às 18h15, o Athletico-PR visita o Juventude no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS).

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas
  • Assinaturas: 71 3480-9140
  • Anuncie: 71 3203-1812
  • Ache Aqui Classificados: 71 3480-9130
  • Redação: 71 3203-1048