Carnaval: pelo menos 19 artistas vão desfilar sem cordas; veja nomes confirmados

carnaval
13.01.2016, 08:53:00

Carnaval: pelo menos 19 artistas vão desfilar sem cordas; veja nomes confirmados

Grade com programação completa para folião pipoca está sendo finalizada pelo estado e pelo município

O Carnaval de Salvador promete uma programação variada para quem pretende curtir a folia na pipoca. Na terça-feira (12), foi confirmada a participação de Bell Marques no desfile sem cordas do circuito Osmar (Campo Grande) na quinta-feira, 4 de fevereiro — mesmo dia em que Ivete Sangalo também se apresenta.

“A iniciativa nos aproxima do público. Este  ano, vou adicionar algumas músicas que nunca foram tocadas em Salvador, gravadas no meu primeiro DVD em carreira solo, no Réveillon de Fortaleza”, adiantou Bell. Ele e Ivete foram anunciados ontem pelo governador Rui Costa. 

“É um investimento do governo do estado para um Carnaval mais democrático”, disse. “Quanto mais atração sem corda melhor para a cidade. A prefeitura está botando metade do Carnaval sem corda”, afirmou o prefeito ACM Neto sobre a programação este ano da festa, que tem o tema Vem Curtir a Rua.

A grade com a programação está sendo finalizada pelo estado e pelo município. Mas, pelo menos 19 artistas vão animar a festa dos pipocas. Entre elas, Margareth Menezes, que se apresenta quinta-feira no Campo Grande.

No sábado, será a vez do trecho Barra-Ondina. No mesmo dia, ela sobe no palco montado no bairro de Itapuã. Sexta-feira, dia 5, a opção será Léo Santana. “Me sinto lisonjeado com a oportunidade de fazer esse arrastão. Tem muito mais gente, de todo lugar e tribos, curtindo o seu trio elétrico”, comemorou.

Saulo também vai animar o folião sem abadá na sexta-feira e no domingo  no circuito Dodô (Barra-Ondina). Na  segunda-feira, ele se encarrega do  circuito Osmar. “A pipoca é o lugar da diversidade. Quanto mais gente diferente promovendo e compartilhando da mesma energia, melhor. Essa é a essência da pipoca”, disse ele.

Na segunda-feira, Igor Kanário promete repetir o sucesso do ano passado, quando arrastou uma multidão pela Avenida Sete. A folia sem cordas ainda vai contar com Durval Lelys, Daniela Mercury,  Ed City, Araketu, Batifun e Alavontê.

Como nem só de axé e pagode é feito o Carnaval, também estão confirmados shows da banda BaianaSystem, Orquestra Rumpilezz e da cantora Márcia Castro.

A prefeitura e o governo do estado pretendem divulgar outras atrações nos próximos dias.  Além do Dodô e Osmar, recebem programações gratuitas os circuitos Sérgio Bezerra (Barra), Batatinha (Centro Histórico), Mestre Bimba (Nordeste de Amaralina), Orlando Tapajós (Clube Espanhol/Farol da Barra) e Riachão (Mudança do Garcia).

O Carnaval mais democrático agrada ao folião. “Sempre gostei da pipoca e acho que desde o ano passado voltou a melhorar, com mais espaço e opções”, diz o advogado Cainã Dias, 28, ansioso para o começo da festa. A folia começa em 17 dias com o Fuzuê, o pré-Carnaval na Barra.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas