CBF inova com cartão verde para valorizar o fair play

Futebol
23.02.2017, 15:50:00
Atualizado: 23.02.2017, 15:50:56

CBF inova com cartão verde para valorizar o fair play

Novo cartão será utilizado nos jogos da Copa Verde e, ao contrário do amarelo e do vermelho, não será uma punição, e sim uma homenagem

A Copa Verde, torneio regional disputado por equipes do Centro-Oeste, Norte e Espírito Santos, trará uma inovação para o futebol brasileiro. A partir deste ano, os árbitros da competição terão três cartões: além dos tradicionais amarelo e vermelho, o verde.

Diferentemente dos outros dois, o cartão verde não será uma punição, e sim uma “homenagem pública aos esportistas que lutam por seus objetivos oferecendo bons exemplos às crianças e jovens”, descreve a CBF em nota oficial. 

Árbitros da Copa Verde terão três cartões para mostrar durante os jogos (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

“O cartão representa o fair play e ações positivas que ocorrerem dentro de campo por parte dos atletas ou comissão técnica. Servirá para marcar e destacar lances importantes em prol do jogo limpo. Agora, terá o cartão físico para premiar as atitudes de fair play. Será aplicado pelo árbitro no momento da ação positiva”, explica o presidente da Comissão de Arbitragem da CBF, Marcos Marinho.

O cartão verde será mostrado ao jogador que revelar situações como ter tocado a mão na bola sem o árbitro perceber, admitir que uma falta marcada a favor de sua equipe não ocorreu ou parar um ataque porque um adversário está caído, por exemplo.

A fase de grupos da Copa Verde começa no dia 4 de março, com Ceilândia x Luverdense e Galvez-AC x Paysandu. Dezesseis clube se enfrentam em mata-mata até a final, nos dias 26 de abril e 17 de maio.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas