CCXP antecipa as novidades do mundo pop

entretenimento
05.12.2020, 07:00:00
Mulher Gato, que está completando 80 anos, ganha homenagem no evento (Divulgação)

CCXP antecipa as novidades do mundo pop

Maior evento nacional de HQ, cinema e games acontece até domingo (6), online e gratuito

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Quem ama cultura pop e geek e sofria por estar fora de São Paulo ou não puder arcar com os altos custos dos ingressos da Comic Com, ganhou um presentaço. O maior evento do país dedicado ao cinema, games, quadrinhos e aparentados segue neste fim de semana (5 e 6) em formato digital e ingressos gratuitos. Batizada de CCXP Worlds, a versão 2020 do evento quer atingir 100 milhões de pessoas para curtir os mais de mil convidados e programas para todo tipo de público: infantil, saudosista, nerd radical, descolado, amantes de séries...

Pessoas de 42 países se credenciaram para acompanhar a maratona, que promete grande interação com os artistas. Ao acessar a plataforma http://www.ccxp.com.br, o visitante verá um mapa virtual 3D navegável, inspirado no jogo League of Legends, por meio da qual será possível visitar 12 “mundos” diferentes. Em Artists Alley, por exemplo, quadrinistas e escritores de diversas origens falam e sobre seus trabalhos.

“Parte do nosso desafio foi replicar a experiência do evento presencial”, afirma o diretor de marketing da CCXP, Roberto Fabri.  Ou seja, o frisson das fotos, encontros e cosplayers. “Não poderíamos só fazer live, mas como transformar algo virtual em algo maior? Começamos a encarar esse problema todo”, conta Fabri, acrescentando que foram buscar inspiração no universo dos games.  

Os painéis de estúdios e produtoras contam com grandes marcas como Warner, Universal, Paramount, Amazon, Globo e HBO, entre outros, que prometeram  conteúdos exclusivos. Nomes de Hollywood, como Henry Golding, Milla Jovovich, J.K. Simmons, Lana Parrilla, Vince Vaughn estão confirmados no evento. 

agentes

A atriz Penélope Cruz (de azul) participa do painel sobre o filme As Agentes 355 (Foto: divulgação)

A programação deste sábado (5) inclui, por exemplo, uma homenagem à Mulher Gato, que está completando 80 aninhos, com Load e Marcio Abreu (14h55); um painel oficial da DC Comics que vai contar tudo sobre a heroína Yara Flor, a Mulher Maravilha brasileira (15h55); Alice Braga, Gabriel Leone e o diretor René Sampaio falando sobre o filme Eduardo e Mônica (16h20); e um encontro com as estrelas do filme As Agentes 355: a americana Jessica Chastain, a espanhola Penélope Cruz e a chinesa Fan BingBing (19h20). 

A tarde deste sábado será animada para a criançada, com painéis dos estúdios Maurício de Sousa (16h55), do filme Croods 2 (17h55) e da incrível Ladyburg (18h40). Para curtir o evento, é preciso fazer um cadastro gratuito no site www.ccxp. com.br/ ingressos. Existem também opções pagas, que variam de R$ 35 a R$ 400 e oferecem benefícios e brindes, além das apresentações. 


Diversão na telinha


matriz
Pitty e Russo Passapusso na gravação de Matriz, na Concha (Foto: Divulgação)

Multishow exibe Matriz, de Pitty

Pitty lançou neste fim de semana, nos aplicativos de música, o áudio do show Matriz Ao Vivo Na Bahia (Deck). A apresentação faz parte do DVD duplo Matriz: Arquivos Completos, que chegará às lojas na próxima semana e será transmitido neste sábado (5), às 15h, pelo canal Multishow e. No show gravado na Concha Acústica, Pitty recebeu no palco os artistas que participaram do álbum: Lazzo Matumbi, Larissa Luz, Russo Passapusso e Robertinho Barreto (BaianaSystem). 

Acompanhada por sua banda composta por Martin (guitarra), Daniel Weksler (bateria), Guilherme Almeida (baixo) e Paulo Kishimoto (teclados), a cantora e compositora tocou todas as músicas do disco e vários sucessos de sua carreira.  Além da apresentação, o DVD traz um making of com bastidores do evento, o documentário MATRIZ.doc (dirigido por Otavio Sousa), a minissérie VideoTrackz e os videoclipes de Te Conecta, Noite Inteira, Bicho Solto, Ninguém é de Ninguém, Submersa e o inédito Motor.   


série
Evaristo Costa apresenta CNN Séries Originais (FOto: Divulgação)

Séries Especiais na CNN

O programa CNN Séries Originais, apresentado por Evaristo Costa, inicia neste domingo (6), a partir das 19h15, a apresentação de duas séries especiais: Zika: 5 Anos Depois e O Futuro Da Alimentação. Com três episódios, Zika retoma o tema que foi notícia no Brasil e no mundo em 2015: os casos das crianças com microcefalia.  Em três episódios inéditos, a atração relembra como a epidemia começou, qual foi o caminho percorrido por profissionais de saúde e pelas famílias desde então, e destrincha o que a ciência sabe até aqui sobre a doença. Para revelar os detalhes desta história, a equipe da CNN percorreu mais de 650 quilômetros pelas estradas pernambucanas. 
 
 Já O Futuro da Alimentação fala sobre produção e consumo e alimentos. De acordo com a ONU, a Organização das Nações Unidas, em 2030 o mundo terá de triplicar sua produção para alimentar uma população de dez bilhões de pessoas. Será que todos terão comida nos próximos anos? Qual será o cardápio em 2050?
 

greta
Documentário acompanhou jornada de Greta Thunberg em 2018 (Foto:Divulgação)

 Em 2018, Greta Thunberg, uma ativista ambiental sueca de quinze anos decidiu iniciar uma greve escolar sentando-se do lado de fora do Parlamento em Estocolmo todas as sextas para exigir ações concretas dos líderes contra a mudança climática. Aos poucos, outros se juntam à sua campanha, dando início a um movimento mundial.

Dirigido pelo diretor sueco Nathan Grossman,  o documentário Meu Nome é Greta, que estreia  sábado, (5), às 21h, no NatGeo, mostra  um olhar íntimo, revelador e inspirador sobre a jornada que transformou uma adolescente em um ícone internacional na luta contra as mudanças climáticas. Com imagens nunca divulgadas, Meu Nome é Greta é filmado no estilo do cinéma vérité e, com o apoio da família Greta, câmeras capturam os encontros dela com líderes governamentais, suas aparições públicas e protestos em todo o mundo. As imagens também mostram sua vida fora dos momentos públicos: rindo com sua família em casa, escrevendo discursos apaixonados e tentando se ajustar ao enorme estresse das viagens constantes, do julgamento público e da luta pela causa contra as mudanças climáticas.

“Gostei muito do documentário e acho que dá uma imagem realista de mim e do meu dia a dia. Espero que os espectadores finalmente possam entender que nós jovens não fazemos greve escolar para nos divertir. Protestamos porque não temos alternativa. Muita coisa aconteceu desde que comecei com a greve escolar, mas infelizmente ainda estamos no zero ", afirma Greta.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas