Cena de cinema

bahia
07.07.2019, 06:00:00

Cena de cinema

O encanto dos cinemas de rua de Salvador sobrevive na praça Castro Alves

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Cine Glauber Rocha, 7 de novembro de 1990, foto de Márcia Raquel

Flanar pelo centro da cidade, escolher uma sessão de cinema e se entregar por algumas horas às vastas emoções e aos pensamentos imperfeitos da sala escura. Até os anos 1990, o ritual para ir ao cinema envolvia escolher uma das salas de cinema de Salvador localizadas nas ruas, principalmente no centro da cidade, para assistir ao último lançamento de Hollywood que, dependendo da expectativa, levava multidões a enfrentar longas filas de espera na bilheteria. Inaugurado em 1919 na praça Castro Alves com o nome de Kursaal (Casino) Baiano e rebatizado de Cine Teatro Guarani um ano depois, o Cine Glauber Rocha conserva o encanto dos cinemas de rua de Salvador.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas