Cessão de Pituaçu para gestão privada volta a ser discutida, diz secretário

esportes
27.09.2021, 09:51:00
Atualizado: 27.09.2021, 09:52:03
(Divulgação)

Cessão de Pituaçu para gestão privada volta a ser discutida, diz secretário

Ideia é transformar estádio e área próxima em arena que também vai receber shows

O secretário Davidson Magalhães, titular da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte do Estado da Bahia (Setre), disse nesta segunda-feira (27) que o plano de abrir Pituaçu para iniciativa privada acabou sendo suspenso por conta da pandemia, mas agora vai voltar a ser discutido.

"Pituaçu estava em projeto para a gestão ser aberta à participação da iniciativa privada. O que aconteceu? Com a pandemia, tudo retrocedeu. Estávamos em plano avançado, já existem estudos, de uma visão integrada, levando em consideração o parque, Pituaçu, aquela área do Bahia Café Hall. A pandemia efetivamente atrasou todos esse debate e agora a gente está retomando", disse ele.

Magalhães destacou que o interesse é de transformar o estádio em arena, incluindo realização de shows, e não apenas jogos. "A situação de Pituaçu ficou em standy em função da pandemia e da parada de atividades. Porque quem tinha interesse em Pituaçu tinha interesse não só por futebol, mas transformar em arena que envolvesse não só futebol, mas também eventos. Que foi justamente o setor que mais sofreu", lamentou.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas