Champions: RB Leipzig faz história, bate Atlético no fim e avança

esportes
13.08.2020, 18:23:00
Atualizado: 13.08.2020, 18:23:50
Jogadores do RB Leipzig comemoram o segundo gol (Foto: Miguel A. Lopes/AFP)

Champions: RB Leipzig faz história, bate Atlético no fim e avança

Time alemão está pela primeira vez na semi da Liga dos Campeões

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O RB Leipzig está, pela primeira vez em sua história, na semifinal da Liga dos Campeões. Fundado há apenas 11 anos, o clube alemão eliminou o experiente Atlético de Madrid e se colocou entre os quatro melhores times da Europa. O jogo terminou em 2x1, com direito a gol da vitória no fim.

O clube agora se prepara para encarar o Paris Saint-Germain - que bateu a Atalanta em uma virada por 2x1 - na semifinal. O duelo está marcado para terça-feira (18), às 16h, no Estádio da Luz. Com isso, a Liga dos Campeões terá um finalista inédito, já que nem o RB Leipzig nem o PSG chegaram à etapa antes. Pela outra chave, Barcelona medirá forças com o Bayern nesta sexta (14), enquanto o Manchester City enfrenta o Lyon no sábado (15), no mesmo horário.

O primeiro tempo começou com as duas equipes explorando táticas distintas. Enquanto o RB Leipzig focava em volume de jogo e posse da bola, os espanhóis exploravam os contra-ataques. Porém, mostraram falta de criatividade e tiveram poucos momentos de emoções.

A volta do intervalo, contudo, chegou bem diferente. Logo aos 5 minutos, o clube alemão trocou muitos passes na intermediária até que a bola alcançou Sabitzer, pela direita. Ele cruzou na medida para Dani Olmo dar a cabeçada e abrir o placar.

A resposta do Atlético veio aos 25 minutos. João Félix arrancou em velocidade e fez tabela com Diego Costa, mas acabou derrubado por Klostermann quando preparava o chute. O árbitro viu e marcou o pênalti. O próprio português, de 20 anos, bateu e assinalou o 1x1.

Quando a partida parecia se encaminhar para a prorrogação, Angeliño avançou pela esquerda e, mesmo tendo duas opções na área, notou Adams livre, chegando na intermediária. Cruzou para o americano, que dominou e chutou. A bola desviou em Savic e tirou a chance de defesa de Oblak.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas