Chápeu de palha, o companheiro ensolarado

entretenimento
21.02.2021, 16:00:00

Chápeu de palha, o companheiro ensolarado

Dê longa vida ao seu customizando-o e repaginando-o

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Artesanais, estilosos e resistentes. O chapéu de palha é um hit absoluto de todo Verão. Na praia ele é um sucesso, seja com abas mais curtas ou longas. E não é difícil de encontrar. Basta uma voltinha na tradicional Feira de São Joaquim e opções não faltam. O preço é amigo do bolso, gira em torno de R$ 15 a R$ 40, dependendo do modelo. Se você é daqueles que curte variar o acessórios, para combinar com o look, saiba que não precisa trocá-lo, basta customizá-lo e ele ganha outra cara. Selecionamos 5 ideias super fáceis de reproduzir, para te estimular a se divertir com seu chapéu favorito e fazer com que ele ganhe longevidade, não só nesse Verão, como nos próximos. E lembre-se: o feito é melhor que o perfeito. Preste atenção no acabamento, mas não se cobre demais, a intenção é criar algo com sua assinatura.

Pintando o sete 
Os chapéus de aba larga protegem bastante do sol e causam impacto com seu caimento. Eles possuem um tamanho generoso e, por isso, permitem liberar a criatividade na hora de customizar. Pintá-los é uma ótima saída para injetar mais bossa nos grandões. Tinta acrílica ou spray são os melhores para essa tarefa. Nossa primeira ideia é desenhar palavras, ou expressões que sejam a cara do verão. As cores intensas caem bem. Para fazer letras use pincéis mais grossos, vale desenhar antes do lápis, para depois cobrir. O efeito sombreado ao longo de cada letra dá profundidade e realça. Se você tem zero habilidades, vale tingir toda a superfície com uma cor mais clara (com spray) e fazer bolinhas, por exemplo, usando tinta acrílica. Deixe secar bem.

Toque estampado
O lenço amarrado no topo do chapéu é um clássico na hora de customizar. Mas dá para ser ainda mais criativo usando duas argolas para dar um charme. Basta passar o lenço por eles , prender na palha e arrematar com um nó. Aquela tiara elástica vai fácil também para o topo e melhor ainda, não precisa amarrar. Usamos uma presilha de cabelo em formato de estrela do mar para dar mais cor. Ela se prende ao tecido e pode voltar a sua função original depois.

Adornando 
Um belo colar pode embelezá-lo bem mais do que seu pescoço. Escolha aquele mais maxima- lista, grande e colorido. Ajuste no chapéu e pronto, o transformou em outra peça! Tome cuidado com o peso do colar escolhido e garanta sua fixação dando um ponto com linha ou com o próprio fecho para apertá-lo bem. Caso tenha em casa miçangas e contas de tamanhos e cores variadas, use-as para fazer um colar com fio de nylon e amarre no topo do chapéu com bastante firmeza.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas