Cinco motivos para ver a série Stranger Things

entretenimento
14.07.2019, 05:59:00
Atualizado: 15.07.2019, 18:14:14
(Foto: Netflix/Divulgação)

Cinco motivos para ver a série Stranger Things

Sobreviveu aos spoilers? Descubra por que não resistir à febre mundial

Difícil passar batido pela série Stranger Things. Mas se você sobreviveu aos spoilers e às atraentes estratégias de marketing de marcas como Coca-Cola, Domino’s e a própria Netflix junto com a Bombril, aí vão cinco motivos para não resistir à febre mundial. Só para se ter uma ideia, a terceira temporada que estreou dia 4 foi vista por mais de 40 milhões de assinantes nos primeiros quatro dias, segundo a Netflix que raramente divulga dados de audiência.

O fato é que, independente de ter pesado a mão no merchandising das cenas, a última temporada de Stranger Things tem muitos motivos para ser vista. A começar pelas referências aos anos 1980, década em que se passa a trama. Dá até para reviver a polêmica da “nova Coca-Cola”, lançada em 1985 e considerada um dos fracassos do mundo dos negócios. Irresistível não rir quando, de um jeito sem noção, o carismático Lucas (Caleb McLaughlin) faz uma pausa  na luta pela sobrevivência para defender a nova receita do refrigerante, sendo julgado pelos amigos.

Outro motivo é poder acompanhar o crescimento dos atores, enquanto os personagens Eleven (Millie Bobby Brown), Mike (Finn Wolfhard), Dustin (Gaten Matarazzo), Will (Noah Schnapp), Max (Sadie Sink) e Lucas enfrentam dilemas da adolescência. Até a violência acompanha a maturidade dos meninos e aumenta gradativamente ao longo das temporadas, sendo a última a mais brutal de todas.

A terceira razão para ver a série retrô de ficção científica que anunciou a quarta temporada, é ver o protagonismo de figuras historicamente marginalizadas: “o nerd”, “a esquisita”, “o que não gosta de garotas” e até a menina que assume gostar de garotas. A quarta razão é ver uma Eleven mais independente e feminista servindo de farol para a nova geração. O quinto e último (por ora) motivo para não perder Stranger Things é perceber que muito além dos monstros da série, o que de fato assombra os personagens é a emocionante dor do crescimento.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/projeto-boa-musica-comeca-com-geraldo-azevedo/
Cantor e compositor se apresenta neste domingo (21) no Othon e divide o palco com a banda Estakazero
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/new-hit-tj-ba-nega-absolvicao-a-musicos-acusados-de-estupros/
Oito integrantes do extinto grupo de pagode foram condenados a dez anos
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/maragojipe-familia-esta-apreensiva-com-demora-no-julgamento-do-caso/
Testemunhas de defesa são ouvidas nesta sexta-feira (19)
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/festival-de-rap-boom-box-recebe-atracoes-como-djonga-e-matue/
Festa rola neste sábado (20), no Armazém Hall, em Vilas do Atlântico
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/claudia-leitte-voltara-aos-palcos-dois-meses-apos-dar-a-luz/
Na reta final da gravidez, cantora planeja retorno às atividades em outubro
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/cats-musical-com-taylor-swift-e-idris-elba-ganha-trailer-assista/
Clássico da Broadway chega aos cinemas em dezembro e já é forte candidato ao Oscar
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/beyonce-lanca-the-gift-album-do-filme-rei-leao-ouca/
Artista faz curadoria do álbum que tem 27 músicas e participações de Kendrick Lamar, Jay-Z, Pharrell e Childish Gambino
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/ponto-de-equilibrio-celebra-duas-decadas-na-concha-acustica/
Banda carioca estreia festa Mais Amor em Salvador nesta sexta-feira (19)
Ler Mais