Ciro critica gestão de Dilma e dispara: "Aborto que aconteceu na história brasileira"

brasil
08.03.2021, 15:18:28
Atualizado: 08.03.2021, 15:32:24
(Roberto Stucker Filho/PR)

Ciro critica gestão de Dilma e dispara: "Aborto que aconteceu na história brasileira"

Ex-ministro também afirmou que Fernando Haddad é um "candidato fake"

Possível candidato à presidência da República em 2022, o ex-ministro Ciro Gomes fez fortes críticas à gestão da ex-presidente Dilma Rousseff, e ao ser questionado sobre o que pensa sobre a petista, a definiu como "outro aborto que aconteceu na história brasileira."

“Seis anos da Dilma, que foi o pior governo, antes do Bolsonaro, da história do Brasil. Você pensa que eu tenho prazer em dizer isso? Eu apoiei a Dilma, sabendo que a Dilma não tinha treinamento nenhum”, disse o pedetista em entrevista ao UOL.

Ciro também candidatou o possível candidato à presidência pelo PT, o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad. “Não pode o principal partido da oposição brasileira chamar para unidade e lançar um candidato fake, que sai falando besteira na rua”, afirmou o cearense.

Por fim, o ex-ministro fez um diagnóstico do seu foco para as eleições de 2022 e afirmou que Jair Bolsonaro tem desejo de enfrentar o "lulopetismo" em um possível segundo turno das eleições presidenciais.

"Meu foco é tirar o Bolsonaro e construir o futuro do Brasil.  Agora, se conseguíssemos tirar o Bolsonaro do segundo turno, seria ótimo, pois discutiríamos uma volta ao passado do lulopetismo ou um futuro diferente, com uma experiência nova. Todas as evidências indicam que o Bolsonaro gostaria de enfrentar o lulopetismo, porque acha que é a força mais fácil de derrotar. E me parece que ele tem razão", concluiu.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas