City vence Real Madrid em jogo épico com sete gols na Champions

esportes
26.04.2022, 18:36:00
Gabriel Jesus marcou um dos gols do City na vitória por 4x3 sobre o Real Madrid (Manchester City/Divulgação)

City vence Real Madrid em jogo épico com sete gols na Champions

Times fazem partida eletrizante pela ida da semifinal, com direito a gols de Gabriel Jesus e Vini Jr.

O Manchester City e o Real Madrid prometiam um jogaço nesta terça-feira (26), na primeira semifinal da Liga dos Campeões. E cumpriram de forma espetacular. Foram sete gols ao todo, com os ingleses tendo dois de vantagem por três vezes, e os merengues não se deixando abater.

No fim, os Citizens garantiram a vantagem em casa: 4x3, com gols de De Bruyne, Gabriel Jesus, Foden e Bernardo Silva de um lado, e Benzema, duas vezes, e Vini Jr, do outro.

Agora, as duas equipes vão se encontrar na quarta-feira da semana que vem, dia 4, no Santiago Bernabéu. Não há o critério do gol marcado fora de casa na Champions. Assim, o time do técnico Pep Guardiola pode até empatar que se garante na decisão. Já o Real precisa vencer por dois ou mais gols de diferença para ficar com a vaga, sem a necessidade de prorrogação e pênaltis.

Quem passar encara o vencedor de Liverpool x Villarreal, que fazem a ida nesta quarta-feira (27), às 16h, em Anfield.

O jogo
Os primeiros minutos no Etihad Stadium já mostravam como o duelo seria eletrizante. O City começou avassalador, e abriu o placar ainda aos 93 segundos, no que se tornaria o gol mais rápido da história das semifinais da Champions. Mahrez surgiu em grande jogada pela direita, cortou para o meio e cruzou para De Bruyne cabecear para o fundo da rede: 1x0.

O segundo gol do anfitrião também não demorou, e saiu aos 10 minutos, em novo apagão da defesa do Real. De Bruyne cruzou pela esquerda, Gabriel Jesus se antecipou sobre Alaba e estufou as redes.

A equipe de Guardiola seguiu comandando as ações, e chegou perto de ampliar ainda mais com Mahrez e Foden. Mas, em meio ao bombardeio do City, o Real descontou: Benzema recebeu de Mendy e finalizou de primeira, aos 32 minutos.

Os anfitriões voltaram do intervalo, de novo, em ritmo acelerado. Aos dois minutos, Mahrez bateu, mas a bola explodiu na trave de Courtois. No rebote, Foden também teve chance, mas o chute foi bloqueado por Carvajal.

Aos sete minutos, porém, o atacante inglês garantiu o terceiro do City, após cruzamento na medida de Fernandinho. Mas, praticamente no lance seguinte, o Real mostrou que estava vivo. Vini Jr. saiu do campo de defesa, se livrou de Fernandinho, avançou pela esquerda e marcou um golaço: 3x2.

A equipe de Manchester voltou a ampliar aos 28, em um chutaço, no ângulo, de Bernardo Silva. Mas os merengues não se deram por vencidos, e se lançaram novamente ao ataque, querendo reduzir a desvantagem. Até que, aos 34 minutos, o árbitro marcou pênalti, após ver toque no braço de Laporte. Benzema, de cavadinha, converteu e deu os números finais.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas