Clássico de Verger e Carybé ganha nova edição na Flipelô

entretenimento
08.08.2019, 13:20:00

Clássico de Verger e Carybé ganha nova edição na Flipelô

Lendas Africanas dos Orixás é um dos títulos mais procurados por pesquisadores da diáspora africana

Parceria que selou a amizade e  colaboração artística entre Pierre Verger (1902-1996)  e Carybé (1911-1997), o livro  Lendas Africanas dos Orixás  ganha nova edição, que será apresentada  nesta quinta (8) durante a  Flipelô, às 18h,  no Solar Ferrão. No mesmo local, será aberta exposição com  desenhos originais de Carybé produzidos a pedido de Verger para  o livro.
 
Durante o evento, acontece  roda de conversa com participação de Gilberto Sá, presidente da Fundação Pierre Verger, com o desing do livro, Enéas Guerra, e com Solange Bernabó, filha de Carybé.  

 A Fundação também lançará um aplicativo para smartphones que permitirá às pessoas ouvirem todas as lendas do livro, narradas pela Ebome e contadora de histórias  Nancy de Souza, carinhosamente chamada de Vovó Cici. 

Lançado originalmente  em 1985, pela editora Corrupio, Lendas Africanas dos Orixás é um dos títulos mais procurados por pesquisadores, religiosos e interessados em assuntos da diáspora africana.

 O livro traz um compilado de lendas, cuidadosamente coletadas por Verger em 17 anos de sucessivas viagens pela África Ocidental, desde 1948, período em que se tornou babalaô (1950) e quando recebeu do seu mestre Oluô o nome de Fatumbi. As lendas, ilustradas com 24 desenhos, foram anotadas por Verger a partir das narrativas dos adivinhos babalaôs africanos.

A nova edição traz como  novidade o prefácio assinado por Reginaldo Prandi, sociólogo e pesquisador das mitologias dos orixás, autor do texto Um Babalaô me Mostrou. E inclui   texto de apresentação de Gilberto Sá e o prefácio original de Arlete Soares.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas