Claudinha e Ivete apoiam a criminalização da homofobia e transfobia

entretenimento
13.02.2019, 17:14:00
Atualizado: 13.02.2019, 17:14:48
(Foto: divulgação)

Claudinha e Ivete apoiam a criminalização da homofobia e transfobia

As cantoras se posicionaram através das redes sociais

Nesta quarta-feira (13) o STF iniciou uma votação de ação para a criminalização da homofobia e transfobia, a qual poderá se estender por mais de um dia. Em apoio à causa, as cantoras baianas resolveram se posicionar em suas redes sociais. 

No Instagram, Claudinha foi a primeira a se pronunciar e postou um texto da BBC que faz um lembrete de que a homofobia e a transfobia não constam na legislação penal do Brasil, e que esta é uma das principais reivindicações da comunidade LGBTQIA+. "Se você apoia a criminalização da HOMOFOBIA se manifeste na sua rede social hoje", escreveu a artista.

Já Ivete, foi mais direta e postou uma foto em apoio ao movimento com a seguinte legenda: "Aprovar uma lei específica para a criminalização da homofobia é urgente e necessária para o nosso país!". confira:

 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas