Cobiçado no Brasil, Adriano Imperador negocia compra de clube nos Estados Unidos

Futebol
27.01.2016, 10:38:00

Cobiçado no Brasil, Adriano Imperador negocia compra de clube nos Estados Unidos

Com a ideia de voltar aos gramados em 2016, atacante deve defender o Miami United na atual temporada

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Entre os clubes de menor porte do futebol brasileiro, o nome de Adriano Imperador é alvo de cobiça. O jogador, que não atua desde 2014, quando teve uma rápida passagem pelo Atlético-PR, animou os torcedores depois de usar suas redes sociais para avisar que estava voltando e chegou a receber algumas propostas. Mas o retorno de Adriano pode ser distante do Brasil. 

Adriano não disputa uma partida oficial desde 2014, quando defendia o Atlético-PR (Foto: Reprodução)

O atacante negocia a compra de 40% do Miami United, clube dos Estados Unidos, e além de sócio pode se tornar jogador da equipe americana. Ao Extra, o gerente de futebol do Miami, o brasileiro Henrique Souza, confirmou que o Imperador é aguardado nos Estados Unidos para assinar contrato e se apresentar ao clube. O que reforça ainda mais a ideia de Adriano é que seu irmão, Thiago, ganhou bolsa de estudos para estudar sem custos no país. 

Fundado em há cinco anos, o Miami United atua em uma liga diferente da Major League Soccer, a principal do país. Ainda segundo Henrique, um projeto foi feito para que Adriano defenda a equipe. Além do salário fixo e de uma bonificação, o atacante terá direito a uma fatura anual dos rendimentos do clube, já que será um dos acionistas.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas