Codeba apresenta oportunidades de investimentos na Bahia

bahia
12.03.2019, 04:30:00
Atualizado: 12.03.2019, 08:54:55

Codeba apresenta oportunidades de investimentos na Bahia

Companhia Docas quer aumentar a ocupação de áreas nos três portos públicos do estado

No que depender da Companhia das Docas do Estado da Bahia (Codeba), os próximos anos devem ser marcado por uma intenção movimentação no que diz respeito à concessões, outorgas e arrendamentos de áreas nos portos públicos baianos. Numa mudança de postura em relação a gestões anteriores, a autoridade portuária decidiu adotar uma postura mais arrojada em relação à busca por investimento e ir atrás de possíveis investidores, no lugar de esperar interesados em ocupar as áreas disponíveis. 

Na próxima sexta-feira (dia 15), a Codeba vai apresentar um conjunto de oportunidades que devem permitir a ocupação de pelo menos 50% do total de áreas disponíveis nos portos de Salvador, Aratu-Candeias e Ilhéus nos próximos cinco anos. O resultado disso, estima do diretor-presidente da Codeba, Rondon Brandão do Vale, será mais desenvolvimento para a Bahia, oportunidades para o setor produtivo e um aumento anual de R$ 125 milhões na arrecadação patrimonial da empresa pública, atualmente em R$ 170 milhões por ano. 

O Seminário Portfólio de Investimentos nos Portos da Bahia – Oportunidades de Outorgas é uma realização do Jornal Correio e a CODEBA, com o patrocínio da J. Macêdo e Ultracargo, apoio institucional da Braskem e apoio da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB), Associação dos Usuários de Portos da Bahia (USUPORT), Associação Comercial da Bahia e CONTERMAS.

O evento será das 8h às 19h, no Terminal Marítimo de Passageiros de Salvador, na Avenida da França, no Comercio. As inscrições para os interessados são gratuitas, pelo endereço https://especiais.correio24horas.com.br/seminariocodeba/.

O diretor-presidente da Codeba destaca que o evento deverá permitir aos participantes conhecer as diretrizes do governo federal para a concessão de áreas públicas, bem como as opções de financiamento. Neste sentido, entre os participantes, consta o presidente do BNDES, Joaquim Levy, que já foi ministro da Fazenda do Brasil. (Confira a programação completa na página ao lado) “Nossa programação está focada em apresentar as oportunidades e auxiliar os interessados em aproveita-las. Estamos destacando os investimentos estruturantes, os investimentos que já estão em andamento e os novos investimentos nos nossos portos”, diz Rondon do Vale. 

“Nós hoje temos uma carteira de projetos que ultrapassam os R$ 2 bilhões. Queremos que isso deixe de ser apenas um potencial para entrar em estado latente”, destaca o diretor-presidente. 

Discussão importante
O coordenador do Comitê de Portos da FIEB, Marcos Galindo, considera a discussão sobre o futuro dos portos baianos fundamental. “Há grandes oportunidades a se explorar, principalmente em Aratu, que tem grande disponibilidade de áreas, há necessidade desses investimentos e existem também interessados em realizar esses investimentos”, ressalta. Para ele, o uso do Porto de Salvador também pode ser otimizado. 

Galindo ressalta ainda a oportunidade de conhecer o que pensa o governo federal sobre o setor portuário. “O governo federal terá a oportunidade de dizer, a partir da Codeba e de representantes do setor portuário em Brasília, o que pretende disponibilizar para a iniciativa privada. Fato é que o poder público não tem capacidade de realizar os investimentos que o setor precisa”, analisa. 

Para o presidente da Associação Comercial da Bahia (ACB), Adary Oliveira, é importante viabilizar investimentos nos portos porque o setor é indutor de desenvolvimento. “Quando se optou pela implantação do Polo de Camaçari na Bahia, uma das explicações para a decisão foi o Porto de Aratu”, lembra. “Porto é um atrativo para indústrias”, diz. 

“O bom funcionamento dos portos é fundamental para as empresas. Ninguém tem uma baía como a nossa (Baía de Todos os Santos). A Codeba faz muito bem em atuar para atrair investimentos”, acredita Oliveira. 

Para o presidente da Associação dos Usuários de Portos da Bahia (Usuport), Marconi Oliveira, a realização do evento demonstra uma visão moderna da administração da Codeba. “Está se criando uma expectativa de aumento da competitividade nos portos que cria boas expectativas para o setor produtivo”, diz. 

O diretor-executivo da Usuport, Paulo Villa, destaca o potencial de desenvolvimento na Baía de Todos os Santos. “É um privilégio que nós temos que explorar. Eu acredito no potencial que o Porto de Salvador tem de se tornar um porto de transbordo”, destaca. Para ele, a área pode se tornar uma grande central para a distribuição de cargas para o país. 

Um dos investimentos que devem ser apresentados, entre os que estão em andamento é o do Terminal de Contêineres do Porto de Salvador (Tecon Salvador), que iniciou no final do ano passado um processo de ampliação. O diretor-executivo do Tecon Demir Lourenço Júnior elogia a iniciativa da Codeba em fomentar novos investimentos para o estado. “Quanto melhor a situação da economia baiana, melhor para nós. Queremos muito que haja uma melhoria no Porto de Aratu, porque isso vai se reverter em mais movimentação em Salvador” destaca o executivo. 

Programação
Logo após o credenciamento, a programação começa às 8h30 com uma mesa de abertura. Em seguida, às 9h, uma palestra magna será realizada sobre as diretrizes da política portuária nacional, com Disney Barroca Neto, coordenador geral de Modelagens de Arrendamentos Portuários do SNPTA do Ministério da Infraestrutura.

Às 10h, Rondon Brandão do Vale, diretor-presidente da Companhia das Docas do Estado da Bahia (Codeba), ministrará uma segunda palestra sobre oportunidades de investimentos nos Portos da Bahia. Para encerrar as atividades da manhã, Joaquim Vieira Ferreira Levy, presidente do BNDES, explanará, às 11h15, sobre linha de créditos para investimentos portuários privados.

Durante à tarde, a programação retorna com a realização de três painéis. O primeiro, às 14h, será sobre novas perspectivas de investimentos privados no porto de Aratu-Candeias. Adary Oliveira, presidente da Associação Comercial da Bahia, será o mediador. Gabriel da Cunha Oliva, executivo senior da Empresa Colomi Iron Mineração, vai falar sobre o Projeto Integrado Mina-Ferrovia-Porto. Já Marlisa Piovesan Reche, diretora de Logística de Químicos e Vinílicos da Braskem, abordará o tema A Logística que Queremos para o Brasil.

O segundo painel será às 15h sobre as melhorias na infraestrutura do Porto de Ilhéus. A mediação deste ficará a cargo de Alberto Carvalho Vieira Junior, da Empresa Bahia Mineração (BAMIN). Domênico Acetta, diretor do Instituto Nacional de Pesquisa Hidroviária da Secretaria Nacional de Portos e Transportes Aquaviários do Ministério da Infraestrutura, tratará sobre Dragagem de Aprofundamento.

O terceiro painel abordará o Porto de Salvador e suas Perspectivas de Projetos, às 15h30. Este último painel será mediado por Marcos Galindo, coordenador do Comitê de Portos da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb). Participam deste momento Patrícia Iglesias, diretora comercial do Tecon Salvador e da Wilson Sons Logística, empresas do grupo Wilson Sons, que vai falar sobre a Ampliação do Terminal de Contêineres, e Paulo Villa, diretor executivo da Associação de Usuários dos Portos da Bahia (Usuport), que apresentará a proposta do "HUB-PORT".

O evento continua sua programação às 16h30 com a palestra Porto 4.0 – Automatização e Informatização Portuária, com Fernanda Rumblesperger, diretora de Gestão e Modernização Portuária do Ministério da Infraestrutura.

Está prevista para as 17h uma mesa de debates sobre investimentos no Portos Públicos da Bahia. Os convidados são Daniel Lustosa, diretor de negócios da J. Macedo, João Leão, secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado da Bahia, Mauro Guimarães Pereira, superintendente Geral do COFIC, e Helano Pereira Gomes, diretor de Negócios da Empresa Ultracargo. O presidente interino do Conselho de Administração da Codeba, Augusto Cesar Carvalho Barbosa de Souza, será o moderador.


Programação 

Abertura    
8:30    
Composição de mesa.

Palestra Magna: Diretrizes da Política Portuária Nacional
9:00
Disney Barroca Neto - Coordenador Geral de Modelagens de Arrendamentos Portuários do Departamento Novas Outorgas e Políticas Regulatórias Portuárias da Secretaria Nacional de Portos e Transportes Aquaviários do Ministério da Infraestrutura.

Palestra: Oportunidades de Investimentos nos Portos da Bahia
10:00
Rondon Brandão do Vale – Diretor-Presidente da Codeba

Palestra: Linha de créditos para investimentos portuários privados
11:15
Joaquim Vieira Ferreira Levy - Presidente BNDES

PAINEL: Porto de Aratu-Candeias – Novas Perspectivas de Investimentos Privados
14:00
Projeto Integrado Mina-Ferrovia-Porto : Gabriel da Cunha Oliva – Executivo Sênior da Empresa Colomi Iron Mineração
A Logística que queremos para o Brasil : Marlisa Piovesan Reche - Diretora de Logística de Químicos e Vinílicos da Braskem
Mediador: Adary Oliveira – Presidente da Associação Comercial da Bahia

PAINEL: Porto de Ilhéus - Melhorias na infraestrutura
Dragagem de Aprofundamento : Domênico Acetta – Diretor do Instituto Nacional de Pesquisa Hidroviária (INPH)
Mediador: Alberto Carvalho Vieira Junior – Diretor de Projetos da Empresa Bahia Mineração – BAMIN

Coffee break
15:20

PAINEL: Porto de Salvador - Perspectivas de Projetos
15:30
Ampliação do Terminal de Contêiners : Patrícia Iglesias – Diretora Comercial da Tecon Salvador
Proposta do “HUB-PORT”: Paulo Villa – Diretor Executivo da Associação de Usuários dos Portos da Bahia (USUPORT)
Mediador: Marcos Galindo – Coordenador do Comitê de Portos da Federação das Indústrias do Estado da Bahia - Fieb

Palestra: Porto 4.0 - automatização e informatização portuária
16:30
Fernanda Rumblesperger - Diretora de Gestão e Modernização Portuária da Secretaria Nacional de Portos e Transportes Aquaviários do Ministério da Infraestrutura.

MESA DE DEBATES: Investimentos nos Portos Públicos da Bahia
17:00
Daniel Lustosa – Diretor de Negócios - Empresa J. Macedo;
João Leão – Secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado da Bahia;
Mauro Guimarães Pereira – Superintendente Geral do COFIC;
Helano Pereira Gomes – Diretor de Negócios da Empresa Ultracargo;
Moderador: Augusto Cesar Carvalho Barbosa De Souza – Presidente Interino do Conselho de Administração da Codeba

Encerramento
18:30
Rondon Brandão do Vale


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/veja-playlist-de-verao-do-projeto-mete-som/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/testemunhas-das-mortes-misteriosas-de-maragojipe-serao-ouvidas-nesta-quarta-20/
Vítimas foram assassinadas em três segundas-feiras seguidas, há sete meses
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/procon-quer-que-empiricus-explique-propaganda-e-fortuna-de-bettina/
Empresa tem 48 horas para apresentar documentos que compravam a veracidade do que foi anunciado, com a demonstração da evolução financeira da atriz/depoente
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/veja-o-que-ja-se-sabe-sobre-vingadores-ultimato/
O terceiro trailer do filme, lançado na última semana, revelou novos detalhes do figurino dos heróis e mostrou cena inédita da Capitã Marvel
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/voce-conhece-bettina-milionaria-de-22-anos-foi-o-assunto-da-semana-nas-redes-sociais/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/netflix-divulga-teaser-de-terceira-temporada-de-stranger-things/
3ª temporada de Stranger Things chega à Netflix em julho
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/bolsonaro-presenteia-trump-com-camisa-da-selecao-e-fala-sobre-comercio/
Na Casa Branca, presidentes também discutem temas como crise na Venezuela e entrada na OCDE
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/morre-em-salvador-a-lider-religiosa-makota-valdina/
Enterro será às 15h30, no Cemitério Jardim da Saudade
Ler Mais