Com contrato perto do fim, Arthur Caíke dificilmente segue no Bahia

e.c. bahia
23.05.2020, 07:00:00
Atualizado: 24.05.2020, 16:37:47
Arthur Caíke dificilmente continua no tricolor (Felipe Oliveira/ EC Bahia)

Com contrato perto do fim, Arthur Caíke dificilmente segue no Bahia

Atacante não deve ter vínculo renovado e voltará ao Al-Shabab, da Arábia Saudita

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.


Ao mesmo tempo em que ganhou mais opções no elenco com o fim do time de aspirantes, o técnico Roger Machado deve perder peças para montar a equipe do Bahia quando o futebol for retomado no Brasil. Com contratos perto do fim, o lateral esquerdo Giovanni já sabe que irá embora e o atacante Arthur Caíke dificilmente vai ter seu vínculo renovado para permanecer no Esquadrão.

O caso mais emblemático é o do atacante. Contratado por empréstimo do Al-Shabab, clube da Arábia Saudita, no início da temporada passada, Arthur Caíke virou uma espécie de 12º jogador do tricolor. Ao todo, ele participou de 54 jogos e marcou nove gols com a camisa azul, vermelha e branca.

No ano passado, Arthur Caíke esteve em campo em 46 dos 71 jogos que o Bahia fez na temporada e viveu momentos importantes do time, como na partida contra o Grêmio, em Porto Alegre, quando saiu do banco de reservas e marcou o gol do triunfo tricolor, e nos jogos diante do CSA. Na Fonte Nova, Arthur fez de falta aos 38 minutos do segundo tempo e deu os três pontos ao Bahia. Já no jogo em Maceió, pelo segundo turno, foi dele o tento que encerrou a sequência de oito duelos sem vitórias no Brasileirão.  

Este ano, Arthur Caíke foi utilizado por Roger Machado em oito dos dez jogos realizados até a pausa no calendário. Na última vez em que esteve em campo, o atacante deu a assistência para Juninho Capixaba fechar o triunfo sobre o América-RN por 2x0, na Arena das Dunas, em Natal, pela Copa do Nordeste.

O Bahia chegou a iniciar conversas para manter Arthur Caíke no elenco, mas as negociações foram travadas após a pandemia e dificilmente serão retomadas. A diretoria tem até o dia 30 de junho, que é quando o contrato do jogador se encerra, para tentar um novo vínculo, mas diante do cenário de prejuízos por causa do coronavírus, a tendência é que o camisa 77 volte ao Al-Shabab.

Para a posição em que Arthur Caíke costuma ser utilizado por Roger Machado, o Bahia conta com os atacantes Clayson, Rossi e Élber, além de Gustavo, que era do elenco de aspirantes e vai ser incorporado ao elenco principal.

No caso do lateral Giovanni, o adeus está ainda mais próximo. O contrato do jogador com o Bahia chega ao fim no próximo dia 31, mas ele nunca esteve nos planos do clube para a atual temporada.

Giovanni chegou ao Esquadrão em julho do ano passado e fez apenas dez jogos. Acabou se machucando durante o Brasileirão e desfalcou o time na reta final do torneio. Antes da paralisação do calendário, Giovanni já estava recuperado de lesão e iniciava os trabalhos com bola. Ele não foi relacionado para nenhum jogo em 2020. Para o setor, o Bahia conta com Juninho Capixaba e Zeca, além do garoto Mayk, que vinha atuando pelo time de aspirantes.

Despedidas

Desde a pausa nas atividades e o consequente fim do time de aspirantes, alguns atletas deixaram o Esquadrão. O último a se despedir foi o zagueiro Anderson. Capitão da equipe sub-23 durante o Baianão, o jogador foi anunciado como reforço do América Mineiro para a disputa da Série B do Brasileirão.

Antes de Anderson, o goleiro Fernando, o lateral Lucas Rodrigues, os volantes Luciano Buiu e Paulinho, os meias Cristiano e Vinícius Garcia e o atacante Gabriel Esteves deixaram a Cidade Tricolor.

A ideia do Bahia é incorporar ao elenco principal entre oito e dez atletas remanescentes da equipe de aspirantes. Outros jogadores que têm contrato com o clube vão ser emprestados para outras agremiações.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/em-audio-neymar-xinga-padrasto-e-parca-sugere-enfiar-o-cabo-de-vassoura/
Papo revela comentários homofóbicos de jogador e preocupação com namoro da mãe, que teria sofrido tentativa de agressão de Tiago Ramos; Nadine nega
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/patroa-ajudou-crianca-que-caiu-de-predio-a-entrar-no-elevador/
Miguel, de 5 anos, morreu; petição que pede justiça tem mais de 77 mil assinaturas
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/morre-aos-85-anos-atriz-maria-alice-vergueiro-do-meme-tapa-na-pantera/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/manifestantes-ateiam-fogo-em-onibus-na-paralela-veja-video/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/rodamos-na-nova-versao-da-ranger-a-storm/
Em vídeo, jornalista automotivo analisa a cabine dupla diesel
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/idoso-de-81-anos-e-o-100o-paciente-com-covid-19-a-ter-alta-no-hospital-portugues/
Unidade comemorou liberação do homem, que deu entrada há seis dias com 50% do pulmão comprometido
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/depois-de-um-susto-targino-se-prepara-para-cantar/
Músico sofreu grave acidente de carro, mas escapou ileso e agora se prepara para fazer lives
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/sao-joao-sera-comemorado-com-maratona-de-lives-promovidas-pelo-correio/
Serão seis apresentações de bandas e cantores durante o projeto, que arrecadará doações
Ler Mais