Com entrevistas de ex-árbitros, jornalista lança livro sobre o VAR

esportes
01.06.2021, 20:09:00
Livro se propõe a discutir árbitro de vídeo no futebol (Divulgação)

Com entrevistas de ex-árbitros, jornalista lança livro sobre o VAR

William Tales Silva é radicado em Salvador e colheu depoimentos de Arnaldo Cezar Coelho, Leonardo Gaciba, entre outros

Desde que foi implementado no futebol, o Video Assistant Referee (VAR), ou árbitro de vídeo, é polêmico e gera discussões em programas esportivos, nos próprios bastidores do futebol e, claro, nas conversas entre os amantes do esporte. No próximo dia 30 de junho, o jornalista baiano William Tales Silva lança um livro sobre a ferramenta que ainda é alvo de muito questionamento e dúvidas.

“[VAR] - A história e os impactos da maior mudança na aplicação das regras do futebol” é um livro-reportagem da editora Footbooks, novo selo da editora Corner, e estará em pré-venda a partir de 2 de junho, com lançamento previsto para 30 de junho. "A ideia foi trazer uma compilação de tudo que aconteceu no VAR desde que surgiu, e extrapolar essa linha do tempo para antes do VAR, para saber o que motivou a criação", explicou o autor, em entrevista ao CORREIO.

William conta que o livro surgiu como um produto do seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), na Faculdade de Comunicação da Universidade Federal da Bahia (Facom-UFBA). "Depois que eu finalizei a banca, ouvi deles que dava para publicar depois de fazer uns ajustes, então aproveitei que também tinha saído do estágio e disparei para as editoras", conta. 

Entusiasta do VAR, como ele mesmo se declarou, o autor garante que o livro não é uma defesa absoluta à ferramenta. "Vão ter momentos péssimos do VAR (no livro), em que ele errou feio. A gente está em um esporte que movimenta uma indústria, então precisamos ter o máximo de justiça possível", opina, para depois pontuar. "A gente pontua dezenas de problemas da ferramenta mas também busca soluções".

A obra conta com depoimentos de Arnaldo Cezar Coelho (ex-árbitro de Copa do Mundo e comentarista de arbitragem), Leonardo Gaciba (ex-árbitro e atual presidente da Comissão de Arbitragem da Confederação Brasileira de Futebol, a CBF) e de Lukas Brud (secretário-geral da International Football Association Board - IFAB), além do jornalista esportivo Arnaldo Ribeiro. "Com Gaciba foi muito legl porque ele trouxe novidades sobre a ferramenta, coisas que não tinha visto serem divulgadas amplamente pela CBF", diz William.

O prefácio do livro ficou a cargo de Leandro Iamin, fundador e sócio-proprietário da Central3, estúdio voltado para a produção de podcasts, dentre eles o Trivela, especializado em futebol internacional, em que atua como apresentador.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas