Com fim de restrições, Pituba corre para se adaptar ao 'novo normal'

salvador
21.05.2020, 21:34:25
Atualizado: 21.05.2020, 21:52:45
Após retirada de barreiras, frio acabou não atraindo os corredores na orla (Foto: Nara Gentil/CORREIO)

Com fim de restrições, Pituba corre para se adaptar ao 'novo normal'

Padarias voltaram a receber clientes; na orla, pouca gente se arriscou após retirada de barreiras

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.


Os funcionários da Paneville Padaria Gourmet, na Pituba, começaram a reorganizar toda a loja, por volta de 13h dessa quarta-feira (20), ao saberem da decisão do prefeito ACM Neto de encerrar as ações regionalizadas de combate ao coronavírus no bairro. Com isso, o comércio local pode reabrir de forma parcial e o trecho da orla entre o Centro de Convenções e a Arena Aquática também também foi liberado.

A correria na padaria foi para poder reabrir a área de mercearia do estabelecimento, que, em cinco dos sete dias de restrições, apenas podia vender pães. “Depois de saber da decisão, a gente fechou a loja para voltar tudo para lugar. Para funcionar durantes as restrições, nós tínhamos retirado os congelados, frutas e legumes”, contou a coordenadora de produção, Ana Laura Queiroz.

Com o funcionamento integral, o fluxo de clientes na padaria cresceu e também aumentou a preocupação dos funcionários com a saúde de quem frequenta o estabelecimento. “Muita gente está venda na loja agora, especialmente, a partir das 17h. Nós estamos disponibilizando álcool em gel, fizemos marcação no chão para distanciar as pessoas e o uso de máscara é obrigatório dentro da padaria. Com o coronavírus, ainda passamos a vender apenas produtos já embalados”, explicou a coordenadora.

Apesar do fim das medidas, o comércio da Pituba deve seguir as regras que valem para toda a cidade: uso obrigatório de máscaras para trabalhadores e clientes, disponibilização de álcool em gel 70%, higienização dos ambientes e distância mínima de 2 metros entre as pessoas. 

As atividades continuam suspensas em lojas acima de 200 metros quadrados de área total. Ficam de fora dessa determinação aquelas de material de construção e limpeza, farmácias, as que comercializam equipamentos ou insumos para a saúde, oficinas e autopeças, supermercados, padarias, açougues e pet shops.

No caso das lojas acima de 200 metros quadrados autorizadas a funcionar, só será permitida a presença de uma pessoa a cada 9 metros quadrados.

No comércio informal, ambulantes e feirantes terão que usar máscara, ter álcool em gel 70% e distância mínima de dois metros entre as barracas. 

A reabertura da orla também permitiu que os soteropolitanos retomassem a prática esportiva no calçadão. Entretanto, o número de pessoas no local ainda é pequeno, de acordo com a estudante Lara Ferreira, que mora no bairro. “Antes da medida, era uma absurdo, muita gente caminhava sem máscaras e até em grupo. Agora, só vejo um ou outro correndo quando passo de carro pela região”, disse.

Para Lara, o número de carros nas ruas também caiu com as medidas mais restritivas no bairro, em cerca de dois dias do fim destas ações, o fluxo de veículos na Pituba ainda continua baixo. “A queda no fluxo de carros foi drástica no começo, mas logo depois voltou ao normal de antes da pandemia de forma gradual. Depois que neto colocou as restrições na Pituba, a gente viu a redução. Com a retomada, a impressão é que continua se mantendo em nível de como tava nos últimos dias”, analisou.

*Com supervisão do editor João Galdea.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/bisneta-de-mae-senhora-inspira-baiana-azul-de-amaralina-conheca-cida-de-nana/
Bel Borba a contratou como modelo para monumento às baianas sem saber de ascendência, que inclui Mestre Didi e uma das fundadoras da 1ª casa de candomblé
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/devo-ou-nao-devo-usar-mascara-na-atividade-fisica-eis-a-polemica-precos-chegam-a-r-120/
Tire suas dúvidas e confira 10 máscaras esportivas disponíveis no mercado
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/bau-do-marrom-o-dia-que-daniela-mercury-superou-britney-spears-em-portugal/
Durante a apresentação de Daniela Mercury no Rock in Rio Lisboa em 2004 falei até na TV portuguesa sobre Daniela
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/em-quarentena-anitta-lanca-clipe-para-tocame-com-gui-araujo-assista/
Vídeo traz fãs dançando em casa; é a primeira vez que funkeira contracena com namorado
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/secretario-do-ministerio-da-saude-destrata-garcom-em-transmissao-ao-vivo-sai-dai/
Élcio Franco falava em medidas de segurança para reabertura da economia quando se incomodou com presença de servidor
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/policia-acredita-que-naya-rivera-se-afogou-e-busca-agora-e-por-corpo/
Imagens de câmera de segurança mostram ela saindo no barco com filho
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/sandy-junior-contam-a-propria-historia-em-serie-documental/
Produção em sete capítulos do Globoplay inclui imagens caseiras dos irmãos, ainda antes de serem profissionais
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/pensei-em-me-matar-diz-atriz-de-malhacao-apos-video-em-site-porno-veja-desabafo/
Pillar Costa, que atuou na novela da Globo no ano passado, entrou em depressão
Ler Mais