Com infecção bacteriana, Junior Cigano não lutará no UFC Moscou

esportes
22.10.2019, 17:45:00
Atualizado: 22.10.2019, 17:45:09
(Foto: UFC/Divulgação)

Com infecção bacteriana, Junior Cigano não lutará no UFC Moscou

Peso-pesado faria a luta principal do evento, no dia 9 de novembro

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O UFC Moscou não terá mais a participação de Junior Cigano. O brasileiro contraiu uma infecção bacteriana na perna e está fora do evento, onde faria a luta principal, dia 9 de novembro, contra o lutador local Alexander Volkov. As informações são do site russo RT Sports.

Cigano precisou ser hospitalizado na última semana e passar duas intervenções cirúrgicas - uma para colocar um dreno no local infeccionado e outra para a retirada do artefato. O atleta deve ter alta ainda nos próximos dias mas, por o problema ser recente, não haveria tempo hábil para sua recuperação e volta aos treinos. 

Ainda segundo o RT Sports, Francis Ngannou pode ser o substituto de Cigano no combate com o rival russo. O camaronês já vinha pedindo que o Ultimate o confirmasse em um card, para continuar em atividade.

Com um cartel de 21 vitórias e seis derrotas, Cigano, de 35 anos, vem de revés por nocaute, justamente, contra Francis Ngannou. A perda acabou com uma série de três conquistas seguidas do brasileiro, contra Derrick Lewis, Tai Tuivasa e Blagoy Ivanov. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas