Com mudanças e volta de Edigar, Bahia busca primeiro triunfo

e.c. bahia
24.01.2018, 05:02:00
Atualizado: 24.01.2018, 10:31:09
Edigar é a esperança de gols do tricolor (Felipe Oliveira / EC Bahia)

Com mudanças e volta de Edigar, Bahia busca primeiro triunfo

Time recebe o Jacuipense nesta quarta-feira (24), na Fonte Nova

Os dois primeiros jogos da temporada foram frustrantes para o torcedor tricolor. O Bahia foi derrotado por Botafogo-PB e Bahia de Feira pelo placar de 1x0, não apresentou boas atuações e sequer balançou a rede. Entre uma partida e outra, três mudanças no time foram promovidas pelo técnico Guto Ferreira: Everson, Elton e Hernane entraram nas vagas de Lucas Fonseca, Nilton e Edigar Junio, todos poupados.  

Nesta quarta-feira (24), diante do Jacuipense às 20h45, na Fonte Nova, pelo Campeonato Baiano, Gordiola indicou que fará ainda mais mudanças para tentar finalmente vencer em 2018. As modificações fazem parte do planejamento da comissão técnica diante do desgaste dos atletas em virtude do número de jogos em um período curto. 

A volta de Edigar Junio, principalmente, é um alento para a seca de gols da equipe. O camisa 11 foi o artilheiro tricolor na última temporada com 15 gols e, na Série A, com 12. Em 2016, balançou as redes 16 vezes. Este ano, na estreia, perdeu um pênalti e como diz o ditado, o atacante só estreia quando marca, Edigar ainda está devendo essa “aparição” em 2018.

Seus companheiros de ataque devem ser Marco Antonio e Mena. No treino de segunda-feira, Guto testou o chileno mais avançado pelo lado esquerdo, da mesma forma que ele atuou em algumas partidas no Sport, ano passado. Para isso acontecer, Léo permaneceria na equipe, como lateral-esquerdo. Há a possibilidade também de Guto manter Zé Rafael ou Elber no ataque e Mena atuar na sua posição de origem.

No lado direito, Nino Paraíba deve fazer sua estreia na vaga de João Pedro. A dupla de zaga deve ser formada por Rodrigo Becão e Lucas Fonseca. Ao todo, foram 22 jogadores relacionados para a partida. As ausências são o volante Edson e o meia Régis, poupados.