Com Neymar de volta, Brasil põe campanha perfeita à prova contra Colômbia

esportes
10.10.2021, 09:00:00
Neymar retorna à seleção brasileira após cumprir suspensão (Lucas Figueiredo/CBF)

Com Neymar de volta, Brasil põe campanha perfeita à prova contra Colômbia

Seleção canarinha tem 100% de aproveitamento nas Eliminatórias

O Brasil está com a classificação para a Copa do Mundo de 2022, no Catar, praticamente garantida. A seleção tem 100% de aproveitamento após nove jogos disputados e é a líder disparada das Eliminatórias, com 27 pontos - são oito na frente da segunda colocada, a Argentina, e 11 para o quarto lugar, o Uruguai.

Neste fim de semana, a equipe do técnico Tite põe a campanha perfeita à prova mais uma vez. Desta vez, contra a Colômbia, em confronto válido pela 5ª rodada, adiada por causa da pandemia da covid-19. O jogo será neste domingo (10), às 18h, no estádio Metropolitano de Barranquilla.

Se o Brasil está tranquilamente no topo da tabela, os colombianos estão lutando para cavar um lugar no G4. Atualmente, ocupam a 5ª colocação, com 14 pontos. Não perdem há seis jogos nas Eliminatórias, em uma sequência que inclui duas vitórias e quatro empates.

Depois de um primeiro tempo sofrível diante da Venezuela, sonolento e com baixa competitividade, Tite irá fazer mudanças na equipe. A principal delas é a volta do camisa 10, Neymar, que retoma seu posto após cumprir suspensão na rodada passada.

Outra alteração que o técnico pode fazer é promover Raphinha a titular, no lugar de Everton Ribeiro. Diante dos venezuelanos, o jogador do Leeds entrou no intervalo e teve grande atuação, com duas assistências. Ainda participou da jogada que originou o pênalti convertido por Gabigol.

"É sempre bom fazer um bom jogo e botar a responsabilidade para cima do treinador, lógico que respeitando meus companheiros. Acredito que é uma dúvida para ele. Estou aí para mostrar meu trabalho, meu futebol, vai do professor agora decidir se é melhor eu jogar ou não", declarou, depois do jogo.

No meio de campo, Gerson, que teve uma atuação abaixo do esperado, pode sair. Tite também pode optar pelo retorno de Alex Sandro no lugar de Guilherme Arana.

Uma possível escalação tem: Alisson (Weverton), Danilo, Marquinhos, Thiago Silva e Alex Sandro; Fabinho, Fred (Gerson), Raphinha, Lucas Paquetá e Neymar; Gabigol.

Histórico
No retrospecto, o Brasil tem larga vantagem diante da Colômbia. Em 33 jogos, são 20 vitórias da equipe canarinha (61%), enquanto os rivais ganharam apenas 3 vezes (9%), segundo os dados do site oGol. Outras 10 partidas (30%) terminaram em empate.

A última vez que as duas seleções se encontraram aconteceu pela fase de grupos da Copa América. O Brasil venceu por 2x1, mas o triunfo foi sofrido. 

Logo no começo do jogo, Luis Díaz fez um golaço de voleio e deixou a Colômbia na frente. Apesar de ter maior posse de bola, a canarinha só buscou o empate aos 32 do segundo tempo, com gol de Firmino, que saiu do banco. No apagar das luzes, Casemiro fez de cabeça e garantiu o resultado.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas