Com novo IPI, preço dos vinhos e da cachaça deve subir a partir de hoje

economia
01.12.2015, 08:54:00
Atualizado: 01.12.2015, 08:55:22

Com novo IPI, preço dos vinhos e da cachaça deve subir a partir de hoje

O aumento do imposto vai afetar diversas bebidas quentes como espumante, cachaça e uísque

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Com novo IPI, preço dos vinhos deve subir a partir de hoje
(Fotos: Giácomo Mancini/Divulgação)

Começa a valer nesta terça-feira (1º) o aumento do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para vinho, espumante, cachaça, uísque e demais bebidas quentes.

A mudança no sistema de cobrança e na alíquota do tributo que incide sobre cada tipo de bebida pode resultar em reajustes entre 6% e 25% no preço dos vinhos cobrado do consumidor, estimam entidades e empresários do setor.

Eles alertam que a cobrança pode levar a aumento da informalidade e queda na arrecadação.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas